2018 acelerado!

Com a reação de quase 10% a mais de vendas de carros no País em 2017, o ano de 2018 tem muitas apostas das marcas em novidades, no ano em que acontece o Salão do Automóvel de São Paulo; confira o que vem por aí e comece a reservar a vaga em sua garagem; serão mais de 50 lançamentos

Da esquerda para a direita, destaques do primeiro semestre deste ano em lançamentos: Volkswagen Virtus, Toyota Yaris, Fiat Cronos e Ford Mustang; serão mais de 50 lançamentos e novidades para aquecer o mercado automotivo ( Fotos: divulgação )
Tudo começa com dois sedans. A Volkswagen lança o Virtus dia 21, ou pode chamar de Polo Sedan. E a Fiat concorre com o Cronos. Ambos estarão nas lojas em fevereiro.Com 4,48 metros de comprimento (42,5 cm a mais que o Polo) e 2,65 m de entre-eixos (o mesmo do Jetta atual), o Volkswagen Virtus é um sedan médio-pequeno. O espaço interno é quase perfeito. Por sua vez, o porta-malas leva elogiáveis 521 litros. Como ele conta apenas com os motores 1.6 MSI (117 cv) e 1.0 turbo (128 cv), o preço de partida promete ficar entre R$ 60 mil e R$ 70 mil.

O Cronos terá motor 1.3 de até 109cv e 14,2kgfm terá caixa manual ou automatizada de cinco velocidades; o automático convencional de seis marchas só casará com o motor 1.8 de 139cv e 19,3kgfm. O valor de partida do sedan deve ficar próximo dos R$ 59 mil.

Segundo fontes ligadas à Toyota, o próximo lançamento da marca será o Yaris, sedan no mesmo porte do Honda City. Ainda de acordo com informações internas da marca japonesa, o modelo que será vendido por aqui é o mesmo que foi apresentado na Tailândia há algumas semanas.

Ele também terá uma versão hatchback. A intenção da Toyota é preencher a lacuna que existe entre o Etios Platinum e a versão de entrada do Corolla. Chega no segundo semetre com preços entre R$ 50 mil e R$ 60 mil.

Outro hatch compacto que deve vir renovado é de outra marca japonesa. Ele cresceu na Europa, e abandonou as características compactas do modelo fabricado atualmente em Resende (RJ). A nova geração do March está na lista de futuros lançamentos da Nissan há algum tempo, mas teve diversos obstáculos em sua vinda ao Brasil.

O principal deles é a queda nas vendas por conta da crise econômica. Mas o segmento de hatches compactos caprichados está crescendo com a chegada de VW Polo, Fiat Argo, Ford Fiesta renovado, entre outros. E a marca precisa de algo com mais apelo para ser competitiva nessa fatia do mercado. Com isso, as duas gerações do March devem coexistir no mercado brasileiro, pelo menos até 2019.

Confirmado para chegar até fevereiro, o Honda CR-V é o utilitário esportivo mais vendido do mundo. Chegará aqui por preços acima de R$ 150 mil. A japonesa aposta no público fiel do crossover. São pessoas que apreciarão a nova plataforma global dividida com o Civic. Da mesma maneira, o 1.5 turbo de injeção direta (176cv e 22,4kgfm no Civic) e a caixa CVT também são os mesmos do sedã e prometem dar a força que o 2.0 flex jamais teve. Maior e mais luxuoso, o CR-V leva até sete pessoas.

Como aconteceu com o Fit, o City também vai ganhar controles de tração e de estabilidade em todas as versões. Mas as mudanças de estilo serão ainda mais discretas que no hatch. Os faróis passarão a ter luzes diurnas de LEDs nos mais caros. Lanternas e para-choques mudam na mesma toada. No exterior, a linha de compactos da Honda ganhou motor 1.5 de 130cv e 15,7kgfm, acréscimo explicado pela injeção direta associada ao comando de válvulas duplamente variável. No entanto, a versão brasileira manterá o 1.5 de injeção eletrônica e 116/115cv e 15,3/15,2kgfm de torque. Chegará por volta de março.

Com lançamento previsto para este mês, a versão do Ford EcoSport Freestyle 2.0 4X4 terá apenas câmbio automático. É uma bela mudança em relação ao carro pré-facelift, que não tinha opção sem pedal de embreagem. Esperamos um preço de R$ 95 mil, pouco abaixo do top Titanium 4X2.

No segmento premium, o Volvo XC40 vai encarar Audi Q3, BMW X1 e Mercedes-Benz GLA. Mas seu grande barato será a tecnologia, que inclui sistemas de condução semiautônoma. Os preços vão de R$ 170 mil no XC40 T4 a R$ 210 mil no T5 R-Design. O motor é sempre 2.0, mas com 190cv ou 254 cv.

Agendado oficialmente para o segundo semestre, o T-Cross já ganhou as ruas nos testes finais da motorização 1.0 TSI de 128cv e câmbio automático de seis marchas. A previsão de preço inicial fica abaixo dos R$ 90 mil.

O manual do Chevrolet Equinox revelou como será a configuração LT, a ser lançada por R$ 135 mil. Ela tem o mesmo motor 2.0 turbo de 262cv e 37kgfm de torque do Premier, tal como o câmbio automático de nove marchas. A diferença mecânica está na transmissão: a LT aposta apenas na tração dianteira. Na prática, você já pode saber um pouco como é a dinâmica da nova versão ao dirigir o Equinox Premier com o 4×4 desativado: as rodas da frente sofrem um pouco mais para despejar a força, presente desde baixos giros.

O Superesportivo Mustang que teve pré-lançamento no final do ano passado chega nas lojas em março.

Outro Ford que chega terá sua linhas completamente diferentes das do Focus sedan atual, com volumes sinuosos e coluna C inteiriça. A apresentação também será no Salão de Detroit, neste mês. A grande novidade mecânica será o motor 1.5 turbo: será o primeiro Focus sobrealimentado vendido oficialmente no Brasil. Já o novo Ford Ka sedan está em sua fase final. O estilo externo terá para-choque semelhante ao do renovado Ford Fiesta nacional. Ao contrário do hatch maior, o Ka terá o novo motor 1.5, que começa a ser fabricado este ano em Taubaté, em conjunto com uma nova transmissão manual.

Número

50 lançamentos estão previstos para este ano no Brasil. As montadoras investem em SUVs, sedans, hatch médios, picapes e até compactos

Mais informações

Confira novidades, imagens, matérias e vídeos no Blog do Automóvel: blogs.diariodonordeste.com.br/automovel

Fonte: Diário do Nordeste Online

Translate »