A cartada da GM

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Por R$ 149,9 mil, Chevrolet Equinox chega ao mercado para rivalizar com CR-V e Sportage

 

Vagner Aquino
Do Diário do Grande ABC 

 Quando o Chevrolet Captiva chegou ao Brasil – apesar de seus defeitos, como o consumo exagerado – causou furor por seu visual inovador e pela sua motorização V6. Quase dez anos depois, os ideais são outros e os principais focos das montadoras passaram a ser eficiência, segurança e tecnologia. E é justamente essa a proposta do novo Chevrolet Equinox, que chega hoje às lojas por R$ 149,9 mil. As pré-venda haviam sido abertas há um mês.

Em única versão de acabamento (Premier), o SUV importado do México traz itens que remetem a condução semiautônoma, como os alertas de colisão frontal, movimentação traseira e ponto cego, além de assistente de permanência em faixa, frenagem automática de emergência e indicador de distância do veículo da frente. Tem até alerta vibratório de segurança no banco do motorista. Difícil ficar distraído com tanta tecnologia embarcada.

Para se locomover, o rival de outros utilitários de cinco lugares como Honda CR-V (R$ 148 mil, motor flex 2.0 de 155 cv), Kia Sportage (R$ 139.990, 2.0 Flex de 167 cv) e Hyundai Tucson (R$ 140.970, 1.6 turbo a gasolina de 177 cv), entre outros, conta com motor 2.0 turbo de 262 cv a gasolina (o mesmo usado na versão básica do Camaro norte-americano) atrelado ao câmbio automático de nove marchas – inédito em modelos da marca, este é um dos motivos do consumo moderado, de 10,1 km/l na estrada e 8,4 km/l na cidade, informa o Inmetro. A tração é integral e o torque máximo é de 37 mkgf.

Do lado de fora, o modelo – ao contrário do antecessor – tem linhas retas (seguindo a última tendência da marca), cromados por todos os lados e faróis Full LED inteligentes, que alteram o facho de luz conforme o tráfego a fim de não ofuscar os motoristas que vêm em sentido contrário. As rodas são de 19”. Da porta para dentro, revestimento em couro, peças decoradas com metalização acetinada nas saídas de ar (condicionado, de duas zonas e com saídas traseiras), nas molduras centrais do quadro de instrumentos, no console e no volante – também revestido em couro.

Ainda em conforto, o modelo possui banco do motorista com regulagem elétrica e memória, alto-falantes de alta definição da marca Bose e teto solar elétrico panorâmico. No porta-malas, que abre com o movimento do pé por debaixo do para-choque traseiro, cabem 468 litros.

Outras tecnologias são o sistema OnStar (espécie de mordomo a bordo, que conecta os ocupantes do veículo a uma central de atendimento), multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, além de tecnologia de carregamento wireless para smartphones. E tem mais quatro entradas USB.

Aliás, faltaram as medidas. Segundo a GM, seu novo candidato mede 4,65 de comprimento e 1,69 de altura.

 

Translate »