Carros de locadoras ainda rodam sem itens básicos de segurança

Estudo realizado pela Proteste mostra que algumas empresas de aluguel de veículos em grandes cidades do País ainda buscam modernizar suas frotas

Com a maior rigidez da legislação de trânsito quanto a segurança em veículos, as locadoras de automóveis do País vêm procurando se adequar às novas regras nos últimos anos. Um estudo da Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) apontou uma melhora neste tipo de serviço para o fim de 2017 em comparação com 2015, quando poucos carros das empresas avaliadas possuíam itens de série obrigatórios, como freios ABS e air bags frontais. Mas algumas locadoras ainda estão devendo a seus clientes.

Segundo a Proteste, que avaliou os serviços das seis maiores locadoras do Brasil, as únicas com toda a frota atualizada com as normas de segurança eram a Alamo, a Movida e a Unidas. Nem todos os carros da Avis, da Budget e da Localiza Hertz estavam adaptados à nova realidade. O estudo foi feito nas cinco capitais brasileiras com maior número de pontos de locação: São Paulo, Belo Horizonte, Florianópolis, Rio de Janeiro e Salvador.

As resoluções 311 e 312 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de 2009, determinaram que todo modelo nacional e importado, saído de fábrica a partir 2014, deverá ter os equipamentos básicos de segurança. Com isso, as locadoras passaram a ter que atualizar suas frotas para alinhar seus serviços às normas.

Na verificação da Proteste, a Localiza Hertz possuía três categorias sem os itens obrigatórios. Os modelos desatualizados eram o Fiat Uno 1.0, a Ford Ranger 2.2 e o Fiat Ducato. Procurada, a locadora informou que, desde 2014, ano da vigência da nova regra, “todos os veículos adquiridos possuem os itens de segurança determinados por essas resoluções”.

Já nas locadoras Avis e Budget, pertencentes ao mesmo grupo, dois tipos de carros não possuíam os itens obrigatórios quando avaliadas pela Proteste. Eram eles os da categoria “Básica”, que tem o Volkswagen Gol como referência, e “Minivan”, que permite alugar um Fiat Doblò ou veículo similar.

O Avis Budget Group, companhia global com sede nos EUA, informou que renovou toda a sua frota no País desde a aquisição da operação brasileira. “Atualmente, as lojas de ambas as marcas Avis e Budget possuem em sua frota veículos com todos os itens de série exigidos”, comunicou em nota à reportagem.

Cadeirinha infantil

As empresas também foram avaliadas quanto à possibilidade de locação de carros com cadeirinha especial para crianças. Segundo a Proteste, as locadoras Localiza Hertz, Movida e Unidas não garantiam a reserva do dispositivo de retenção infantil diretamente pelo site, sendo necessário entrar em contato com a central de atendimento para verificar a disponibilidade do item na loja. O uso da “cadeirinha” é obrigatório para crianças de zero a dez anos desde 2008, de acordo com a Resolução 277 do Contran.

A Localiza garantiu que disponibiliza as cadeiras de bebê, assentos de elevação e demais itens de segurança infantil para aluguel em todas as agências. Segundo a locadora, a reserva pode ser realizada pelo cliente em “todos os canais eletrônicos”, site e aplicativo, ou pela Central de Atendimento.

A Movida assegurou que as reservas de dispositivos de retenção infantil podem ser feitas diretamente pelo site ou pelo aplicativo, “sem a necessidade de verificação de disponibilidade”. Já a Unidas informou que, no momento da reserva online, os clientes são avisados da necessidade de confirmação com a Central de Reservas 24 horas para garantir a disponibilidade do acessório solicitado na loja de retirada do automóvel.

De acordo com a pesquisa, a Avis e a Budget não oferecem a possibilidade de aluguel de todos os tipos de dispositivos de retenção infantil independentemente da localidade dos clientes. As empresas asseguraram que disponibilizam tanto cadeirinhas de bebês como assentos de elevação.

Política de tarifas

A Proteste verificou que a maioria das locadoras cobra por diária com quilometragem livre. Apenas a Localiza Hertz e Unidas se diferenciam das demais. Enquanto a primeira trabalha com o sistema de quilometragem controlada, a segunda estabelece um limite de 4,5 mil quilômetros rodados para locações entre 21 e 30 diárias.

Na hora da devolução do veículo, as empresas que oferecem maior tempo de tolerância são a Avis, a Budget e a Movida. Estas permitem até três horas a mais com o carro sem gerar cobrança. Na Localiza Hertz e Unidas o horário de tolerância é de uma hora.

Fonte: Estadão – Jornal Carro | Lucas Baldez: 

Translate »