Os 3 erros mais comuns de empreendedores e como evitá-los

businnes
Grande parte dos jovens atualmente tem a intenção de iniciar o seu próprio negócio. No entanto, certos erros podem prejudicar o seu caminho até a realização desse sonho. O problema é que, em geral, esses erros não são aparentes, por mais comuns que possam parecer.
Esse tipo de risco pode aparecer das mais diversas situações, seja com clientes, com funcionários e até mesmo com os seus sócios e parceiros. Por isso, é essencial saber como identificar esse tipo de contratempo com antecipação, para evitar o fracasso. Se você quer iniciar o seu negócio e aumentar suas chances de sucesso, conheça 4 erros comuns que você pode cometer e evite-os:
Decidir os sócios e parceiros muito cedo
Para muitos empreendedores, um sócio representa a possibilidade de abrir seu negócio, uma vez que os gastos e investimentos são compartilhados. Porém, fazer essa escolha apressadamente pode ser um risco para o seu sonho. Por isso, pense muito bem sobre os critérios que você pretende seguir para tomar essa decisão.
Antes de decidir quais serão os seus parceiros de negócio, tenha um período de teste. Veja se as suas ideias realmente são parecidas, se vocês podem trabalhar juntos e se a pessoa está tão animada quanto você para o empreendimento. Muitas empresas acabam não dando certo por desentendimento entre os donos.
Não levar em conta o próprio instinto
Empreendedores jovens tendem a se sentir inseguros quanto aos seus instintos próprios, especialmente pela inexperiência. De fato, seus poucos conhecimentos não serão o suficiente para fazer o negócio decolar. porém, isso não significa que você não possa estar certo quanto àquele sentimento sobre compras, contratações, etc.
Lembre-se: ninguém tem tanta vontade de que a empresa dê certo mais do que você. As outras pessoas e especialistas até podem oferecer ótimos conselhos – entretanto, se você acreditar somente neles e não levar em conta o seu instinto, as coisas podem dar errado. É essencial que a sua empresa cresça se apoiando em suas próprias vontades. Aprenda a identificar os seus melhores instintos e não tenha medo de arriscar e apostar neles.
Nivelar por baixo
Após dar os primeiros passos no seu negócio, não deixe que a situação se acomode. Muitos empresários, depois de um tempo, acabam se acostumando com metas mais simples e projetos menos inovadores. Esse tipo de atitude vai fazer com que a sua empresa continue funcionando, mas você será para sempre o dono de uma companhia mediana. E certamente esse não é o seu desejo.
Não se contente com “bom”. Procure sempre novas maneiras de crescer e aumentar seu potencial competitivo, seja por meio de novas estratégias, novas contratações ou mesmo parcerias com outras organizações. Sempre busque o “ótimo”, apenas ele poderá fazer de você um empreendedor tão bem-sucedido quando você pode ser.
 
Fonte: www.santanderempreendedor.com.br

Translate »