Entendendo a blindagem automotiva – Painel frontal da carroceria

blindagem-painel-corta-fogo

Seguindo com mais uma matéria da série “Entendendo a blindagem automotiva”, abordamos desta vez um item que costuma gerar bastante discussão entre especialistas em blindagem: a proteção frontal da carroceria (populares: Painel de Fogo, Painel Corta Fogo, etc).

Como já citado em matérias anteriores, no Brasil a blindagem mais empregada em veículos civis é aquela de nível III-A, que suporta projéteis de uma arma de fogo do tipo Magnum .44 (energia de 1.411 Joules) e que de uma forma geral, apresenta características de projeto de blindagem similares entre as blindadoras. Uma destas características é a solução empregada junto ao painel frontal da carroceria, localizado atrás do motor.

Na prática, o praxe é o emprego de uma manta com propriedades balísticas no área superior do painel frontal onde localizam-se os motores dos limpadores do parabrisa, trata-se da região popularmente chamada de “churrasqueira” por tradicionalmente possuir um acabamento plástico em forma de grelha, muito similar à aparência de uma grelha de churrasqueira (desta semelhança, a origem do nome churrasqueira para esta parte do veículo).

A parte inferior do painel, pelo conceito pesquisado junto a alguns especialistas e blindadoras, ficaria protegida pelo próprio motor, torres de sustentação da suspensão dianteira e outros aparatos frontais constantes no vão motor. Dependendo do projeto da blindadora, alguns veículos recebem ainda uma proteção na parte inferior pelo lado interno do veículo, chamada de proteção de pedaleiras.

A proteção efetiva do painel frontal, normalmente é comercializada como item opcional à blindagem e exige a remoção completa de todo o painel de instrumentos do veículo, que requer muita atenção e conhecimento eletrônico para desfazer e refazer todas as ligações eletrônicas que circulam por esta área. Ainda assim, alguns pequenos pontos do painel frontal não estarão protegidos por limitações técnicas como, servo freios, passagens de chicotes elétricos, dutos de ar condicionado, tomadas de ar, entre outros.

Enfim, esteja sempre atento, realizando como temos recomendado, uma visita às instalações da(s) blindadora(s) eleita(s) para esclarecimentos e conhecer o tipo de serviço prestado.

Fonte: Portal Blindados | 31.01.2018

Translate »