Localiza não vê dificuldades para Cade aprovar operação com Hertz

Entre os fatores que sustentam o otimismo da Localiza está a pulverização do mercado de aluguel de veículos no Brasil
traffic jams in the city, road, rush hour

Localiza: empresa anunciou a compra da Hertz Brasil com a Hertz Corporation em dezembro (Kichigin/Thinkstock)

São Paulo – A aprovação da compra da Hertz Brasil pela Localiza não deve enfrentar grandes empecilhos, de acordo com a avaliação do diretor-presidente, Eugênio Mattar.

O executivo informou que a empresa já protocolou os documentos necessários no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), e que, agora, cabe à Localiza aguardar a publicação do parecer final.

“Talvez abril ou maio seja o período em que o Cade vai responder”, disse Mattar, durante teleconferência com analistas e investidores. “A princípio, não vemos dificuldade para a aprovação, mas temos que percorrer todos os caminhos para que ela seja liberada.”

Entre os fatores que sustentam o otimismo da Localiza está a pulverização do mercado de aluguel de veículos no Brasil, que atualmente conta com cerca de 7.500 empresas e não apresenta restrições para a entrada de novos players.

Em dezembro, a Localiza anunciou a compra da Hertz Brasil com a Hertz Corporation – a aquisição tem o valor estimado em R$ 337 milhões, correspondente ao valor do patrimônio líquido mais a dívida da companhia.

O valor final será definido de acordo com o balanço da Hertz Brasil a ser levantado na data de conclusão do negócio.

Com a aquisição, a Localiza Fleet assumirá uma frota de cerca de 9.200 carros da Hertz Brasil, que inclui cerca de 3.700 carros no negócio de gestão de frotas.

O segmento de aluguel de carros da Hertz Brasil possui em torno de 5.500 carros e uma rede de 42 agências, sendo 16 localizadas em aeroportos. Essa rede não inclui agências de franqueados.

Fonte: Exame.com | Negócios | Por Estadão Conteúdo – fev 2017, 15h00

Translate »