BA | Setor de locação de veículo cresce na Bahia

Em meio à crise, os motoristas encontraram na locação de veículos uma alternativa para se locomover de carro sem a necessidade de comprometer o orçamento com uma eventual compra. Levantamento feito pela Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA) comprova o desenvolvimento desse setor. As empresas de locação de automóveis cresceram 12,3% em faturamento bruto em 2017 comparado ao mesmo período de 2016, atingindo vendas de R$ 15,5 bilhões, segundo dados divulgados na manhã de hoje, 8, na publicação do Anuário Brasileiro do Setor de Locação de Veículos 2018 organizado pela ABLA. Na mesma base de comparação, a receita líquida aumentou 11,6%, para R$ 13,5 bilhões e o número de locadoras no país aumentou de 11,2 mil para 11,5 mil.

Segundo dados da ABLA, na Bahia existem 827 empresas de locação de veículos, sendo 647 sem motoristas e 180 com motoristas. A terceirização, que é o aluguel de frotas inteiras para empresas, órgãos públicos e empresas da iniciativa privada, teve a maior participação nesse faturamento do setor (55%). O aluguel para turismo de lazer (25%) e a locação de veículos para profissionais em viagens de negócios (20%) completaram os nichos mais importantes para o para a locação em 2017.

O segmento de entrada que inclui modelos como Mobi, March e Up! representam 28,51% dos veículos procurados nas locadoras baianas, seguidos pelos sedãns (22,26%), hatches (16,61%) e picapes grande (12,06%).

No ranking das montadoras, a General Motors é a fabricante que mais aluga carros, com 19,6% de participação de mercado seguida por Fiat (19,2%), Renault (15,9%), Ford (14,8%) e Volkswagen (14,8%). No mercado baiano esse ranking muda, e a Volkswagen ocupa o primeiro lugar com 30,16%, em segundo lugar a General Motors (20,52%), seguida pela Ford (15,36%) e Fiat (11,29%).

O diretor comercial da Associação, Jorge Pontual, revelou que o setor de locação corresponde a 16,5% dos emplacamentos de carros no ano passado. “As pesquisa apontam um aumento do número de carros na frota total das locadoras, de 632,9 mil para 709,03 mil veículos”.

Elétricos

Jorge Pontual aproveitou o evento para ressaltar a importância de estrar atento aos carros elétricos. “É uma tendencia que logo logo influenciará no nosso negócio. Parece algo que ainda esta longe de acontecer, mas não é e precisamos ficar atentos as mudanças do mercado”. Ele lembrou ainda que o mercado de aluguel de carros em Fortaleza já oferece opções de veículos elétricos há 2 anos.

Futuro

A Abla projeta que o setor continue a crescer em 2018. “A gente espera uma retomada da economia. Temos mais eventos como Copa do mundo e eleições. Então a tendência é de um crescimento”, afirmou Jorge Pontual.

Fonte: A Tarde | Lhays Feliciano – Ter , 08/05/2018 às 11:50

Translate »