Veja 8 dicas para quem pretende alugar carro nas férias

Com tantos caminhos a serem descobertos Brasil afora, alugar um carro é uma boa maneira para desbravar o país.
Para isso, o primeiro passo é lógico: ter a CNH válida. Quem possui o modelo antigo, sem foto, deverá ter em mãos o RG e o CPF na hora da locação.
Algumas locadoras pedem esses documentos para verificar quem é o condutor do veículo. Uma dica: tenha em mãos também um comprovante de endereço.
Geralmente, o pagamento pode ser feito com cartão, embora a maioria das locadoras aceite outras formas. Nesse caso, a liberação do veículo ocorre depois da confirmação de recebimento, o que pode demorar, em média, um dia.
“Para os clientes da locação diária, como pessoas em viagens de negócios ou lazer, estabelece-se uma tarifa para que o usuário permaneça com o veículo durante 24 horas”, diz Paulo Nemer, presidente do Conselho Nacional da ABLA (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis).
Os valores variam conforme a categoria do automóvel e a escolha por tipo de proteção contra danos causados ao veículo locado. “Na maioria das vezes, as locadoras oferecem descontos progressivos: quanto maior o período de locação, menores são as tarifas diárias cobradas”, explica Paulo Nemer.
Renato Franklin, CEO da locadora Movida, ressalva que a variedade de modelos disponíveis aumentou nos últimos anos. “Hoje, é possível alugar automóveis blindados, econômicos mais moderninhos, automáticos por preços acessíveis, de luxo, vans para famílias grandes e até jipes 4X4”, exemplifica.
Na hora de escolher um modelo de locação, fique atento às dicas:
SINISTROS
Confira qual é o tipo de proteção, parcial ou total, e qual o valor da franquia
MOTORISTA ADICIONAL
Se ocorrer um acidente com um condutor não identificado, você poderá assumir os prejuízos sem cobertura do seguro
QUILOMETRAGEM
A livre é a mais solicitada. Você pode mudar o trajeto ou incluir rotas. A controlada vale a pena só quando o cliente sabe que não percorrerá mais do que 100 km/dia
TANQUE CHEIO OU VAZIO
Geralmente, é entregue com o tanque cheio. Na hora da devolução, devolva cheio também. Se tiver faltando, a locadora vai calcular a quantidade de litros faltantes com base na tabela de preços dela
OPCIONAIS
Varia conforme a locadora, mas os itens extras mais comuns são GPS, cadeiras infantis e racks para acomodação de bagagens
BATEU, E AGORA?
Informe a locadora imediatamente. Faça um boletim de ocorrência
PREÇOS
Varia entre locadoras. É possível retirar o carro em um determinado lugar e devolvê-lo em outro, inclusive em Estado diferente, mas isso vai depender da locadora. Provavelmente, ela deverá cobrar uma taxa extra pelo serviço. Já os preços das diárias começam a partir de R$ 40; nos casos de carros de luxo, os valores podem chegar facilmente a R$ 500
Por Rodrigo Mora, do Jornal FOlha de S. Paulo.

Translate »