Locação é uma tendência e setor tem espaço para crescer no Brasil

5ac79_REG_1343_1-199x300
Charles Sperandio, CMO da Movida

O mercado de locação no Brasil ainda é muito novo e imaturo. Mas isso não é necessariamente uma notícia ruim, pelo contrário. O setor ainda tem muitas oportunidades de crescer. Para o CMO da Movida, Charles Sperandio, as locadoras que melhor estiverem preparadas para atender essa tendência terá destaque. A Movida quer mudar a imagem da locação e quer que cada vez mais pessoas vejam o setor como uma alternativa inteligente para sua mobilidade.

MERCADO EVENTOS – Renato Franklim, CEO da Movida, disse que o mercado de locação no Brasil é muito imaturo e tem muita oportunidade de crescimento. Quais são as ações que a Movida faz para crescer no mercado doméstico?
Charles Sperandio – É verdade. A locação é uma tendência e aqui no Brasil, especificamente, ainda há pouca concorrência e muito potencial. Apenas 5% dos brasileiros alugam carro. Apenas 12% da frota corporativa são terceirizadas. Mas em países mais desenvolvidos, como Inglaterra, por exemplo, esse número chega a 70%.

Há uma mudança de mentalidade em curso onde o carro tem deixado de ser visto com um bem para ser encarado com um serviço. E esse é um caminho sem volta. Você usa carro, mas não precisa comprar um. Nesse sentido, as locadoras estão muito mais bem preparadas para esse futuro, porque têm know-how de prestação de serviços e atendimento ao cliente, pós-venda e gestão de ativos.

Desde o início, o foco da Movida sempre foi o consumidor final, mercado de pessoa física. Fomos os primeiros a ter aplicativo de celular para todas as plataformas, investimos em marketing on-line, experiência do usuário, tecnologia, abrimos lojas em bairros… Diminuímos o número de passos para fazer a reserva na internet e também fomos a primeira locadora a usar o Messenger BOT no Facebook. Com todas essas inovações, mudamos a imagem da locação e trouxemos para perto aqueles clientes que não estavam dispostos a enfrentar tanta burocracia, mas agora, pelas facilidades do processo, a consideram como uma alternativa para sua mobilidade.

ME – Qual segmento mais usa locação de veículo, lazer ou corporativo?
Charles Sperandio – Gestão e terceirização de frotas, que são contratos corporativos de longo prazo, vêm apresentado resultados cada vez melhores. Mas o foco da Movida é o mercado de pessoa física, que só cresce. Interessante notar que costumamos falar “lazer” e corporativo, mas hoje há muito interesse em locação como mobilidade urbana mesmo, o carro do dia a dia, para trabalhar, levar os filhos na escola… O público tem ficado mais jovem e amplo, incluindo a classe C também.

ME – A Movida recentemente comprou uma empresa de locação corporativa de luxo e agora aposta nesse segmento? Quais outros nichos a Movida está apostando?
Charles Sperandio – A Movida aposta forte no mercado de luxo, que ainda é muito pouco explorado no Brasil. São altos executivos, gente que gosta de carro, quer ter um carro legal, mas prefere não ter que lidar com seguro, emplacamento e outras burocracias.

ME – Novidade de produtos para esse ano? 
Charles Sperandio – Entre o finalzinho do ano passado e hoje, lançamos o bagging, um aplicativo para crianças que se chama Movida Kids e lançamos o pré-pagamento, que marcará o inicio de mais uma transformação no setor de aluguel de carros. Ainda podemos esperar mais novidades em mobilidade, aplicativo e lojas, entre outros projetos disruptivo.

ME – Os resultados da Movida só serão divulgados em março, mas o que podemos adiantar? 
Charles Sperandio – 2017 foi um ano super positivo. E foi um ano importante para reforçar a imagem da Movida como uma empresa jovem, inovadora. Lançamos o Mensal Flex, um aluguel mensal para pessoas físicas, revolucionário no setor. Também criamos o Movida Labs, um programa de startups que muito em breve já terá seus resultados sentidos no dia a dia dos usuários. A marca Movida Premium, que nasceu com a aquisição da Fleet Service, intensifica nossa presença no mercado de luxo e permite que a gente ofereça locações cada vez mais personalizadas. E, por fim, agora no comecinho deste ano, lançamos oficialmente a opção de pré-pagamento no site, o que vai mudar estruturalmente o nosso mercado, possibilitando novas estratégias mais avançadas de gestão de preços.

Translate »