SUV com IPVA 2020 mais caro em SP faz Rolls-Royce bater recorde de vendas 

A montadora de luxo Rolls-Royce disse que registrou um aumento de 25% nas vendas em 2019, sustentada pela sólida demanda por seu primeiro SUV, o Cullinan, apenas um ano após seu lançamento.

 

A empresa britânica de 116 anos disse que vendeu um recorde de 5.152 carros em 2019, em comparação com as 4.107 unidades comercializadas no ano anterior.

O Cullinan tem uma unidade emplacada em São Paulo e é o veículo utilitário com o IPVA mais caro no Estado em 2020. De acordo com a Secretaria da Fazenda e Planejamento do governo paulista, o SUV de luxo tem de recolher R$ 119.193,84 referentes ao imposto neste ano.

O preço de mercado estimado pela secretaria é de R$ 2.979.856.

“A demanda mundial no ano passado para o nosso Cullinan SUV impulsionou esse sucesso e deve se estabilizar em 2020”, disse o CEO Torsten Mueller-Oetvoes em comunicado.

 

O Cullinan foi apresentado em 2018.

Os fortes números da marca de propriedade da BMW servem como um alívio quando a indústriaautomobilística global ainda enfrenta vários desafios em meio a uma desaceleração econômica mais ampla que prejudicou as vendas de montadoras como Volkswagen e Ford Motor.

A América do Norte continua a ser o maior comprador de veículos da empresa britânica, com cerca de um terço das vendas totais, seguida pela China e pela Europa.

 

Como ele é

Embora seu foco seja o conforto dos ocupantes (os bancos traseiros são separados, embora exista possibilidade de comprar um inteiriço) o Cullinan tem coração de esportivo: ele é empurrado por um motor V12 biturbo de 6,75 litros, que também equipa o Phantom, com 571 cv e 86,7 kgfm de torque.

Aliado ao motor está um sistema de tração nas quatro rodas e o câmbio automático de oito marchas (da empresa alemã ZF). Esses números o fazem chegar à velocidade máxima de 250 km/h (controlada eletronicamente).

Por fora, embora o desenho não seja tão inovador, o SUV tem proporções consideráveis: 5,34 m de comprimento, 3,29 m de entre-eixos, 2,16 m de largura e 1,83 m de altura, dimensões maiores até mesmo que de uma picape média com cabine dupla.

Além disso, há mimos curiosos, como dois “assentos de caça” no porta-malas, que são bancos menores que ficam rebatidos e que podem ser usados para o lazer ou para a própria… caça (eles são montados sobre a tampa inferior do bagageiro e podem ser abertos e recolhidos eletricamente).

Por dentro, fora o painel altamente sofisticado (embora o cluster seja analógico, algo bem tradicional e ligado ao tipo de comprador desse carro), o Cullinan também vai oferecer tecnologias de condução semi-autônoma e central multimídia de última geração.

*Com informações da agência Reuters

Fonte: UOL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
WhatsApp chat