Easy Carros: especialistas ensinam como higienizar o carro contra o coronavírus

De acordo com especialistas, é preciso higienizar com frequência partes do veículo como volante, maçanetas e puxadores de portas, além da alavanca de câmbio

O novo coronavírus continua se alastrando pelo Brasil. O País tem, até o momento da publicação da reportagem, cerca de 100 casos confirmados. Com o avanço do contágio pelo Covid-19, ouvimos especialistas para saber o que fazer para manter o carro livre do vírus.

Isso porque depois da casa e do trabalho, o carro é um dos lugares em que as pessoas ficam por mais tempo. Sobretudo quem mora em grandes cidades.

A conclusão é que a utilização de água e sabão continua sendo o modo mais eficaz de cuidar da saúde. Tanto dos ocupantes quanto do próprio veículo.

Higienizando o veículo

COO da Easy Carros, empresa especializada em higienização de veículos, Felipe Stanquevisch diz que o mais importante são os pontos do carro que devem ser limpos frequentemente. É o caso do volante, maçanetas e puxadores das portas, por exemplo. Alavanca de câmbio e botões, como os do som e do acionamento dos vidros elétricos, também merecem atenção.

O especialista afirma que produtos multiuso de limpeza ajudam bastante. “No geral, esses limpadores têm componentes que vão eliminar o vírus”.

Diretor-médico da Medlevensohn, que atua na venda de produtos da área de saúde, Alexandre Chieppe, recomenda o uso de álcool 70°. Ele afirma que os detergentes também são eficazes, pois eliminam resíduos de secreções respiratórias:

“O vírus sobrevive nessas secreções, que por sua vez podem estar sobre superfícies do veículo”, afirma Chieppe. “Quando se faz a limpeza com água e sabão, elimina-se o meio que o vírus utiliza para sobreviver nessas superfícies”. Stanquevisch lembra que o álcool pode ser utilizado na maior parte das peças. Já água e sabão neutro podem ser aplicados em qualquer tipo de revestimento.

Volante é a parte mais suja do carro

De acordo com uma pesquisa realizada nos EUA, o volante é parte mais suja do carro. E a cabine pode ser considerada mais suja até que um assento sanitário.

O estudo foi feito por um portal de aluguel de carros. E mediu a quantidade média de bactérias existente por centímetro quadrado, ou unidades formadoras de colônias (CFU). Foram encontradas 629 CFU no volante, contra a média de 172 CFU em assentos de vasos sanitários.

Uber alerta sobre coronavírus

A Uber, maior empresa do ramo de veículos por aplicativo, vem orientando os motoristas acerca dos riscos e de providências em relação ao coronavírus. Na página de “ajuda” da empresa há dicas e recomendações. Entre elas está justamente a limpeza do veículo.

A empresa também anunciou que poderá suspender temporariamente as contas de motoristas que estiverem contaminados pelo coronavírus. Até o momento a Uber não informou se há algum caso de motorista que tenha testado positivo para o coronavírus.

FONTE: Estadão – Jornal do Carro

Translate »
WhatsApp chat