Não existe blindagem para pneus

Quando se fala em blindagem automotiva, é muito comum encontrarmos discussões e dúvidas sobre a solução balística para os pneus de um veículo.

Infelizmente muitas empresas e usuários de carros blindados, incorretamente, discutem qual o melhor tipo de blindagem para os pneus. O “incorretamente”  fica por conta do fato de não existir no mercado convencional, qualquer tipo de blindagem balística para pneus.

A solução mais encontrada no mercado é a aplicação de uma cinta metálica, normalmente em aço inoxidável, no sulco presente no interior da roda. Essa solução nada mais é que uma espécie de acessório que evita que um pneu saia da roda com facilidade, em caso de perda de sua pressão interna.

Quando se perde totalmente a pressão do pneu, a tendência é que o mesmo seja expelido da roda ao se tracionar o conjunto e a cinta de aço evitará que isso ocorra com facilidade, no entanto, ao se locomover nestas condições o pneu se degradará de forma muitíssimo rápida.

Na prática, a cinta de roda permitirá apenas que o condutor consiga sair de alguma situação de perigo estando com algum pneu despressurizado, ou seja, nada relacionado à uma blindagem balística de pneu.

Outra solução de mesma aplicação, mas com material diferente, é a utilização de cintas de borracha ao invés de aço.  Esta solução, da mesma forma, possui outros inconvenientes, como o desbalanceamento frequente das rodas devido à grande massa da borracha.

Mas, a melhor solução para um blindado é a utilização de pneus do tipo Runflat (vide matéria publicada aqui no Portal Blindados), que ao perderem a pressão conseguem se auto-sustentar devido à composição especial das bandas laterais. Atualmente alguns veículos já chegam de fábrica com esse tipo de pneu, dispensando inclusive a necessidade de estepes e macacos. O monitoramento da pressão destes pneus ocorre de forma eletrônica, por indicação no painel do veículo através de sensores instalados nas válvulas.

Portanto, fique atento ao ouvir algo sobre “blindagem de pneus”!

Fonte: Portal Blindados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
WhatsApp chat