Agente de viagens já pode vender aluguel mensal de carro na Mobility

Em um momento desafiador para os negócios de todo o mundo, o sócio-diretor da Mobility, Oskar Kedor, tem trabalhado na busca de parcerias que complementem ou alimentem o negócio do aluguel de carros, mas também tem procurado investir em novos produtos que o cenário atual pede. Ele já sente um reaquecimento na venda de locações no Brasil e espera a reabertura dos países para que o brasileiro volte a desbravar os destinos no Exterior dirigindo (uma tendência pós-crise), mas enquanto o movimento não ressurge com força é preciso abrir novas frentes de negócio.

Pesquisando essas oportunidades, a Mobility anunciou a criação da “Central Expert em Carros Mensais“, em que compara tarifas de carros mensais das principais locadoras (Localiza, Movida e Unidas) e traz todos os argumentos para o cliente do agente de viagens adotar a prática: da comodidade e flexibilidade à economia.

Segundo Oskar Kedor, com a crise está havendo uma aceleração da tendência de substituição do veículo próprio pelo carro alugado. “Esta tendência já existia antes, mas agora está sendo turbinada. E alguns fatores que ajudam no momento, como a taxa baixa de juros para financiamento das locadoras, frota grande pré-covid que precisa circular e melhorar ocupação, o fato de o carro alugado poder significar a venda do veículo próprio e assim gerar caixa ou menos dívida e a característica da geração Y, que tem menos interesse em ter um carro próprio”, analisa ele.

FERRAMENTAS
De olho nesta tendência e nessas características do mercado, e sabendo que os agentes de viagens precisam de novos produtos para gerarem novas receitas e ainda mostrarem aos seus clientes que estão vivos e ativos, com soluções criativas e realistas, a Mobility decidiu criar essa nova central.

Para ajudar os agentes com o produto a Mobility preparou diversas ferramentas, argumentos e negociações.

1) Argumentos de venda. Foi criada uma página mostrando as vantagens financeiras de trocar o carro próprio pelo alugado. Por exemplo, a economia, que se traduz também nos períodos em que o cliente não precisar do veículo. Basta suspender o contrato pelos dias em que for viajar ou ficar em casa. O próprio Kedor é adepto há um ano do carro mensal e tem usufruído dessa flexibilidade e comodidade do contrato. “Além de não ter de ver como nosso carro deprecia tão rapidamente”.

2) Marketing. O time da Mobility desenvolveu material como lâminas e tabelas que podem ser enviadas ao cliente, mostrando preços e vantagens do carro alugado. Além do site, com ferramentas de comparação e toda argumentação para clientes e agentes.

Exemplo de um conteúdo enviado pelo Mobility Flow

Exemplo de um conteúdo enviado pelo Mobility Flow


3) Serviço Concierge Mobility.
 O cliente recebe uma notificação no 27º dia da locação com um aviso de que o contrato irá vencer e dando opções para a renovação. A mensagem, bastante direta, diz: “seu contrato irá vencer em três dias. Responda com 1 para renovar automaticamente, 2 para substituir o veículo, 3 para trocar de grupo e 4 para pesquisar uma nova oferta”. Assim, a Mobility cria um relacionamento entre a agência e o cliente e garante ao passageiro estar sempre atualizado em relação a ofertas dentro de seu grupo de carros preferido.

O sistema de mensagens para os clientes e os agentes (Mobility Flow) também será introduzido nas locações normais, para que o agente participe do processo completo e a jornada do consumidor seja mais fácil e sem fricção. “Ao receber uma mensagem com o próximo passo de sua locação, o cliente se sente mais seguro”, diz Kedor. A mensagem sempre trará o nome da agência onde a locação foi feita e o agente de viagens é copiado.
A Mobility já conta com a Localiza, Movida e Unidas na central, e está negociando com locadoras regionais no País, como a Referência e a Vix.

COMO O AGENTE É REMUNERADO?
Para a remuneração do agente de viagens, o sistema da Central de Carros Mensais gera uma RAV (taxa de serviço) com um percentual pré-definido, que pode ser alterado caso a caso.

“Ou seja, a cada mês o agente de viagens tem uma remuneração recorrente que gera novas receitas e um contato regular com clientes, garantindo fidelização e pretexto para oferecer sugestões de viagens de carro, que também são outra tendência do momento”, avalia Kedor.

PRODUTO DA PORTO SEGURO
“E para incrementar ainda mais o produto, estamos assinando com a Porto Seguro, que oferece o Porto Seguro Carro Fácil, um serviço similar ao oferecido pelas locadoras, mas com várias vantagens Porto Seguro. Seremos distribuidores exclusivos deste produto para o trade”, anuncia o diretor da Mobility.O Porto Seguro Carro Fácil é um produto diferente (e mais caro) que o das locadoras, pois, além da locação mensal oferece serviços da seguradora no dia a dia, e agora os agentes de viagens poderão vender o Carro Fácil, via Mobility, aumentando suas opções de novas receitas.

Para saber mais visite https://mobility.com.br/aluguel-carro-mensal/ ou ligue para (11) 5091-7771 (São Paulo), 4007-1177 (demais regiões) ou 11 99508-2379 (WhatsApp).

Fonte: https://www.panrotas.com.br/coronavirus/locadoras-de-veiculos/2020/07/agente-de-viagens-ja-pode-vender-aluguel-mensal-de-carro-na-mobility_174871.html

Translate »
WhatsApp chat