Carros elétricos compartilhados do Itaú por apenas R$ 0,90/minuto

O Itaú está prestes a lançar o seu programa VEC, que disponibilizará carros elétricos compartilhados por um valor simbólico de R$ 0,90 por minuto.

 

A expectativa é que a iniciativa chegue para todos em 2023. O serviço de compartilhamento de carros elétricos chegará em diversos estados brasileiros.

O Vec Itaú é um serviço de aluguel de carros elétricos compartilhados que foi desenvolvido pelo próprio banco. O projeto será lançado primeiramente para empresas a partir do segundo semestre deste ano. E, para o público geral, será lançado apenas a partir de 2023. Atualmente, há diversas formas de mobilidade além do carro particular. E muitas pessoas não possuem um veículo próprio na garagem para economizar com impostos e combustível. Sendo assim, a iniciativa do Itaú pode ser um grande benefício tanto para as pessoas quanto para o meio ambiente.

Mercado de carros elétricos cresce no país

Para se ter uma noção, o valor médio da gasolina no mercado brasileiro é de R$ 7,218. E ela já chega a ser encontrada pelo valor de R$ 8,49 em alguns postos do país. Informação de acordo com um levantamento recente da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Desse modo, estes reajustes frequentes também podem ser usados como resposta ao crescente aumento dos carros elétricos no Brasil.

Informações divulgadas pela Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) apontam que o setor cresceu cerca de 78% no último quadrimestre. Se comparado com o mesmo período de 2021. A Associação também estima que, até o fim do próximo mês, os carros elétricos sejam representados por uma frota de 100 mil veículos no país. Entretanto, o alto investimento para se ter um modelo elétrico na garagem também assusta alguns interessados.

Pensando nisso, as empresas estão buscando novas alternativas de mobilidade sustentáveis e econômicas. É o caso do Itaú, que conta com o projeto Vec.  Um serviço de carros elétricos compartilhados onde os usuários pagam pelo tempo que usarem.

Serviço de carros elétricos compartilhados do Itaú custará R$ 0,90 por minuto

Atualmente, o projeto se encontra em fase de testes na cidade de São Paulo. Onde o Itaú disponibiliza carros elétricos como Jaguar I-Pace, BMW i3, Nissan Leaf e JAC lev40. Já em relação a preços, o serviço do banco terá uma taxa de desbloqueio de R$ 4,50 e de R$ 0,90, por minuto de uso.

Todo o processo de localização, bloqueio e desbloqueio dos carros elétricos compartilhados será feito por meio de um aplicativo. De forma parecida com o que acontece com o serviço do Bike Itaú. De acordo com o próprio banco, o VEC também busca incentivar o uso da eletromobilidade. Que ainda é uma tecnologia cara no país. Ou seja, busca permitir que mais pessoas utilizem este tipo de carro, que é mais sustentável, seguro, confortável e silencioso. Um aspecto interessante é que o projeto atraiu muito mais empresas do que o esperado pelo Itaú.

As montadoras buscam expor seus modelos. Entre as empresas buscando pelo serviço, há locadoras, supermercados e empresas do varejo. O Itaú está conversando com redes de estacionamentos, porque o banco pode instalar as estações nesses locais, que são seguros. Possibilita que os clientes tenham uma melhor experiência com o serviço de carros elétricos compartilhados.

Uber também está adotando o uso de carros elétricos em sua frota

Além do Itaú, a Uber também está incentivando a eletromobilidade. Anunciou, no dia 18 do último mês, um novo serviço. No qual seus usuários podem solicitar uma corrida em modelos elétricos.

A iniciativa foi nomeada de Uber Comfort Eletric. Ee já foi lançada em cidades como Los Angeles, São Francisco, San Diego e Dubai.

O serviço cobre vários veículos da Polestar e também da Tesla. O projeto tem como foco o compromisso da Uber em se tornar uma plataforma zero emissões até 2040.

 

Fonte: clickpetroleoegas.com.br

Carros elétricos compartilhados

 

Translate »
WhatsApp chat