2017 acelerado de novidades

O ano está no fim, mas a indústria não para de anunciar novos carros. Escolha o que pode ir para sua garagem.

car

Estamos em dezembro e a sensação é de que o ano passou voando. Crise, impeachment, tramoias políticas de montão, prisões – foram muitas emoções.
No mundo automotivo não foi diferente. No Brasil as montadoras e concessionárias fizeram ajustes para continuarem apostando no competitivo mercado brasileiro.
E no Salão de São Paulo 2016 uma demonstração de otimismo e uma avalanche de lançamentos mexeram com o público e com a imprensa.
Selecionei alguns lançamentos confirmados e outros ainda em especulação das principais marcas para 2017. Fique esperto e faça sua escolha.
Audi
Carro de R$ 1 milhão, o R8 V10 Plus é o mais potente da marca.
Ford
Confirmado o superesportivo Mustang no Brasil. Mas só no final de 2017, afinal no segundo semestre já estreia uma nova geração do foguete.
FIat
Ela não confirma, mas o Linea saiu de linha e deve vir em seu lugar o sedan Tipo, já revelado na Europa, no último Salão de Paris.
Honda
Novo SUV que vai custar mais barato que o HR-V, o WR-V causou impacto em seu estande no Salão de São Paulo. Até fevereiro nas lojas e a plataforma é a mesma do Fit.
Nissan
Marca japonesa teve intensa atividade em 2016, com o lançamento do Kicks, um SUV “atrevido”. E em 2017 será a vez da nova picape Frontier, fabricada na Argentina.
Renault
A francesa está cheia de planos e novidades para o Brasil. Uma delas é o Captur brasileiro, crossover que já está sendo fabricado em São José dos Pinhais (PR), sobre a base do Duster. Além dele, o popular Kwid (na verdade, um hatch altinho, que a marca quer vender como “micro-SUV”) e o grandalhão e luxuoso Koleos. E até 2018 uma picape grande, a Alaskan – esta revelada no Salão de Paris e que será fabricada na Argentina. Vai concorrer com S10, Hilux e Ranger.
Tesla
A Tesla é uma pequena fabricante de veículos elétricos dos Estados Unidos, mas se tornou um objeto de desejo, um exemplo e uma ameaça para grandes fabricantes. E agora os brasileiros também podem ter um dos seus modelos com tração elétrica. A Elektra Motors começou a importar o Model S por meio de uma parceria, já que a Tesla não tem concessionárias e controla diretamente as vendas, com lojas próprias e pela internet. A versão 70D, exposta no Salão do Automóvel de São Paulo, custa R$ 785 mil.
Hyundai
A coreana vai colocar em sua concessionária o New Tucson e um SUV compacto, o Creta – este último vai concorrer com Jeep Renegade, Honda HR-V, Renault Duster e Ford EcoSport. Seráequipado com motores 1.6 e 2.0. Ele será produzido na fábrica de Piracicaba (SP), mas as vendas só começam no ano que vem. O propulsor terá tecnologia de duplo comando variável de válvulas (D-CVVT), que visa otimizar o desempenho tanto em baixas como em altas rotações. O 1.6 é o mesmo do HB20, mas também vai contar com esse recurso. A montadora não divulgou a potência nem o torque desses motores para o SUV.
Toyota
Montadora japonesa não oficializa, mas o SUV com design agressivo C-HR tem tudo para chegar nas lojas brasileiras. Em São Paulo era versão conceito. Outra novidade: o Yaris sedan, mas só em 2018.
O que vem por aí
Honda: WR-V
Renault: Kwid, Koleos, Captur
Nissan: picape Frontier
Toyota: C-HR (não confirmado)
Ford: Mustang
Hyundai: New Tucson, Creta
Fiat: sedan Tipo
Chevrolet: Camaro
Tesla: Model S
BMW: M140i
Land Rover: Evoque conversível
Audi: R8 V10 Plus
Fonte: Diário do Nordeste
 

Translate »
WhatsApp chat