Automóvel Ganha força sobre transporte público

São Paulo – Ganha cada vez mais força a teoria de que um dos legados da pandemia será a consolidação do uso do automóvel em detrimento ao transporte público. Levantamento feito pela área de inteligência de mercado da Globo com 1,5 mil entrevistados brasileiros mostrou maior rejeição aos modais de massa e caminho inverso no caso das plataformas individuais.

Antes da pandemia, indicam os dados, 60% dos entrevistados sinalizaram predileção pelo transporte público, enquanto que 58% se mostravam inclinados ao transporte via automóvel. Sete meses depois a taxa de interesse pelo transporte público caiu para 40% e a de interesse pelo automóvel saltou para 68%.

“Este quadro pintado pela pesquisa indica uma série de oportunidades para as montadoras”, disse Thiago Mariano, especialista em setor automotivo da divisão de inteligência da Globo. “Pode-se depreender, por exemplo, possibilidade de maiores vendas de veículos e oportunidades na prestação de serviços.”

No caso das possibilidades do cenário representar vetor de venda de veículos, novos e seminovos, a pesquisa indicou que a intenção de compra diminuiu para 47% dos entrevistados que não possuem um veículo, um reflexo, segundo Eduardo Petribu, diretor de negócios para os setores financeiro e automotivo da Globo, do quadro econômico incerto e redução da massa salarial.

Por outro lado, disse Petribu, é preciso prestar atenção na parcela de 30% dos entrevistados cujo interesse pela aquisição de um veículo cresceu durante a pandemia: “O que chama a atenção neste extrato de pessoas é que o fator determinante para a compra está ligado ao seu orçamento, ou seja, não importa se o veículo é novo ou seminovo, mas se ele cabe no bolso”.

Nesse sentido, disse eler, o cenário está favorável à aquisição de veículos, com maior oferta de crédito nos bancos de varejo e taxas de juros baixas o suficiente para aumentar a atratividade de financiamentos: “Nem todas as fichas são aprovadas por causa do risco alto que existe hoje no País, mas há bancos que criaram produtos adequados ao momento, como os empréstimos que tem como garantia imóveis, por exemplo”.

Fonte: https://www.autodata.com.br/noticias/2020/10/09/automovel-ganha-forca-sobre-transporte-publico/32225/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
WhatsApp chat