Mitsubishi lança assinatura de SUV blindado por menos de R$ 10 mil

Batizada de Mit Assinatura, a novidade tem, entre os destaques, o Pajero Sport blindado, disponível para clientes pessoa física ou jurídica a R$ 9.845 por mês. 

 

A Mitsubishi foi uma das primeiras montadoras a oferecer locação de veículos no Brasil, em 2016. Agora, com a intensa movimentação da concorrência, a marca japonesa relança o serviço, mas por meio de um programa de assinatura disponível para os SUVs Outlander Sport, Eclipse Cross, Outlander e Pajero Sport, além da linha de picapes L200 Triton.

Batizada de Mit Assinatura, a novidade tem, entre os destaques, o Pajero Sport blindado, disponível para clientes pessoa física ou jurídica a R$ 9.845 por mês. A oferta pela fábrica de um veículo blindado é algo novo no segmento de carros por assinatura no País. Diretor comercial da Mitsubishi Motors do Brasil, Julio Fiorin diz que a ideia é ter um formato que seja atraente financeiramente. Assim, a marca chegou ao plano de 36 meses com opções de pacotes de 1.000 km e 2.000 km mensais.

“Se fosse um plano de 12 meses, a parcela ficaria alta e perderia apelo. Acreditamos que 36 meses é o tempo ideal para desmobilizar um veículo blindado. Os clientes costumam ficar três anos em média com o mesmo modelo que, após esse período, precisa de manutenção mais frequente”, explica Fiorin. O executivo lembra que uma das vantagens é que o assinante não precisará se preocupar com a desvalorização do carro.

“Na hora da revenda, é mais difícil para o dono de um blindado encontrar um interessado no carro dele. Por isso, a desvalorização tende a ser maior. Porém, com a blindagem de fábrica conseguimos amortizar esse custo. Inclusive, temos até uma disputa em nossa rede de concessionários por esses modelos. São carros bem cuidados, que retornam, portanto, em excelentes condições”, diz Fiorin.

Entrega em até 50 dias

De acordo com informações da Mitsubishi, após a assinatura do contrato a entrega do Pajero Sport leva, no máximo, 50 dias. “É sempre um carro zero-km. Nós ativamos o veículo quando o cliente contrata o plano, cuidamos da documentação e fazemos a entrega técnica. O cliente também recebe um certificado, que é a documentação exigida pelas autoridades para liberar a circulação do carro blindado”, afirma o executivo.

Assim como nos programas de assinatura de outras marcas, como Renault e Volkswagen, por exemplo, o cliente não precisa se preocupar com a burocracia e prazos de documentação e manutenção preventiva, bem como o pagamento de impostos e seguro. “Muita gente assina justamente por causa da praticidade”, conta Fiorin.

De acordo com o executivo, nesse tipo de serviço o usuário não precisará nem trocar os pneus. Ou seja, toda a programação de revisões e intervenções preventivas é garantida pelo Mit Assinatura.

Blindagem nível 3-A

O Pajero Sport blindado disponível no Mit Assinatura tem blindagem de nível 3A. Esta é a proteção máxima permitida pela legislação brasileira para uso civil (leia mais no texto abaixo). “É para o cliente andar realmente tranquilo”, diz Fiorin. Os carros do programa da Mitsubishi terão blindagem da o do Pajero Sport, a blindagem da W.Truffi.

Planos de 12 e 24 meses

O SUV blindado com sete lugares é o único com plano de assinatura de 36 meses. Todos os demais estão disponíveis por meio de contratos com duração de 12 ou 24 meses. Os pacotes de quilometragem são iguais aos do Pajero Sport. Dessa forma, o que vale é o total acumulado ao longo do período contratado. Ou seja, 12 mil km ou 24 mil km. Se o veículo rodar mais do que o teto estabelecido para o período, haverá, então, cobrança relativa a esse adicional.

Além disso, terminado o prazo do contrato, o assinante tem a prioridade de compra do veículo, pagando um valor residual. Porém, o objetivo da assinatura é liberar o cliente de preocupações. Por isso, Fiorin acredita que a maior parte dos assinantes vai fazer um novo contrato, não comprar o veículo. “Ele já pode trocar de chave e sair com um carro novo”, diz.

O pacote mais barato da marca é para o SUV Eclipse Cross GLS. No contrato de 24 meses, a parcela mensal é de R$ 3.455. Segundo Fiorin, o serviço cria mais oportunidades de negócio. “Diferentemente da compra, não é preciso aprovação de crédito. E quem tem um seminovo que seria dado como parte pagamento pode vender esse carro e aplicar o dinheiro.” Blindados em locadoras

Várias locadoras têm veículos blindados na frota. A Movida, por exemplo, oferece o serviço há mais de cinco anos tanto para pessoa jurídica quanto física. No aluguel eventual, esses carros fazem parte do chamado Grupo T, ou seja, blindados automáticos. Entre as opções estão os SUVs Jeep Compass e Volkswagen Tiguan e o sedã Mercedes-Benz Classe C.

Segundo informações da empresa, o preço varia de acordo com o modelo e o tipo de contrato. Para referência, em média, a diária parte de cerca de R$ 700. A única recomendação é que a reserva desse tipo de veículo seja feita com maior antecedência. Isso porque há menos opções disponíveis que os veículos convencionais.

Presidente da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), Paulo Miguel Jr diz que a oferta de serviços de assinatura por montadoras é bom para o setor. Segundo ele, isso ajuda a divulgar a locação. “O objetivo das montadoras é manter o cliente dentro da marca”, diz. “A assinatura vira opção para, por exemplo, quem não tem condições de comprar um carro novo no momento.”

Miguel Jr diz que o mercado de locação no Brasil ainda é bastante incipiente, mas tem grande potencial. E deve dobrar de tamanho em cinco.

 

Fonte: Jornal do Carro

Translate »
WhatsApp chat