“A crise faz sua forma de pensar mudar. É aí que surge a oportunidade”

Empreendedor de apetite voraz, João Appolinário ficou conhecido do público por transformar a Polishop em uma das principais redes de varejo do país, com um faturamento bilionário e presença massiva em todas as regiões. Sua marca completou 20 anos em 2019, e tem, na sua essência, a palavra inovação, quase um mantra do fundador e presidente. “Inovar é questionar tudo aquilo que já existe”, define. Em entrevista exclusiva para o Portal da Aerp, Appolinário fala da inovação, planejamento e de como a crise pode trazer oportunidades.

No ano passado, a marca completou duas décadas de história, e tem, na essência, a palavra inovação. Como é possível continuar inovando e encontrar oportunidades em meio à crise?

João Appolinário – A inovação para mim, como inclusive é o nome do meu novo livro Inovar É Questionar o que Já Existe, não é necessariamente algo novo, que acabou de ser feito ou lançado. Inovar é questionar aquilo que você já está fazendo, a forma que está sendo feito e inovar naquilo que você já sabe fazer. Neste momento delicado que estamos vivendo, é preciso olhar para o seu negócio, para o que você está fazendo, e apresentar benefícios para o seu consumidor. É importante entender que inovação é questionar tudo o que você já faz.

Qual a importância de ter um planejamento de médio e longo prazo quando crises inesperadas, como a ocasionada pelo coronavírus, acontecem?

Appolinário – Quando escrevemos ou planejamos um futuro a médio e longo prazo ele precisa ser revisto e adaptado a nova realidade. A Polishop nasceu no digital e o que está acontecendo agora é uma aceleração do uso deste canal. Não houveram mudanças nesse sentido. Mas, hoje vivemos um “novo normal” e vamos colocar essas mudanças no planejamento. Uma empresa sem um planejamento de médio e longo prazo é o mesmo que sair com seu carro sem saber onde vai chegar. Muitas vezes, o caminho está com bloqueio, você opta por uma via alternativa, mas sabe o destino final. Quando a empresa escreve o planejamento ela sabe para onde ir e que rumo seguir.

A atuação comercial da Polishop é segmentada em lojas físicas, TV, revista, telefone, site, e-commerce e mídias sociais. A Polishop já anunciou no rádio? Como você vê o rádio?

João Appolinário – Usamos todos os tipos de mídia possível. É importante para produtos inovadores serem demonstrados com visualização. Por isso, nossas lojas físicas são tão importantes. Por mais que você demonstre e fale do produto, muitas pessoas querem testá-lo e comprová-lo. Por isso, temos diversos canais de comunicação. Já anunciamos no rádio sim, em integração com as demais mídias. Não vendemos apenas produtos, vendemos benefícios e temos que demonstrar. Para isso é importante integrar todas as mídias.

Neste momento, os empresários estão fragilizados, que dicas você dá para eles?

João Appolinário – Estamos vivendo um momento muito difícil. O Brasil já vinha em um momento complicado para o varejo. Estávamos em uma retomada de pouco tempo, de uma crise que vinha desde 2015. O que sempre falo nesse momento é que vai passar. Precisamos ter calma, tranquilidade. Também oriento as pessoas para usarem esse momento, onde estamos mais confinados, para melhorar nos negócios. Usar o tempo para estudar o seu negócio. Quem não está no digital, estude mais o digital. Conheça mais o seu negócio. A crise não traz oportunidade, ela traz uma mudança na forma como as pessoas pensam – tanto o empreendedor quanto para o consumidor – e nessa mudança é que surge a oportunidade. Você pensa de uma forma diferente e seu consumidor está com necessidades distintas. A crise faz sua forma de pensar mudar. É aí que surge a oportunidade. Procure ver onde estão as mudanças e saia mais forte e melhor.

Fonte: https://aerp.org.br/geral/crise-faz-forma-pensar-mudar-surge-oportunidade/

 

Translate »
WhatsApp chat