Toyota faz recall em 752 mil Prius por problema elétrico

Defeito pode inibir ‘modo de emergência’ em híbrido e fazer motor apagar completamente. Prius já teve chamadas semelhantes

A Toyota vai fazer um recall em 752 mil unidades do Prius da geração anterior. As unidades foram fabricadas entre 2013 e 2015 e são afetadas por um problema eletrônico que pode inibir a atuação do “modo de emergência” do veículo. O sistema entra em ação se ocorrer algum mau funcionamento no conjunto híbrido. O problema afeta unidades no mundo todo, inclusive no Brasil. A perua Prius V, não vendida aqui, também está incluída.

Caso haja alguma falha nos motores, o sistema pode ficar sem a “proteção” eletrônica e pararem de funcionar por completo. Caso isso ocorra com o veículo em movimento, há risco de acidentes. A solução é uma atualização eletrônica nas concessionárias. O defeito pode ser causado também por um problema no inversor de corrente. O equipamento será substituído se necessário.

Prius recorrente

Não é a primeira vez que o modelo passa por recall para evitar panes gerais. Em 2014, 625 mil unidades foram chamadas às concessionárias para trocar transistores defeituosos. Eles poderiam queimar e colocar o carro no modo de emergência problemático.

No entanto, a solução empregada pela Toyota na época não vem resolvendo o problema, e os veículos continuaram a ter problemas elétricos. A marca fez outras chamadas, em 2015 e 2018 e chegou a ser processada por concessionários americanos.

O proprietário de duas lojas nos Estados Unidos alega ter tido entregas de carros novos em 2017 bloqueadas pela Toyota. A ação seria uma retaliação da marca pelo lojista ter levantado os problemas no recall envolvendo o problema.

FONTE: ESTADÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
WhatsApp chat