Localiza se prepara para manter o crescimento rentável em 2020

Com mais de R$ 200 milhões de lucro e 299 mil carros na frota (até setembro; dados do 3T19), a Localiza já começa o ano de 2020 com ótimas perspectivas.

 

Além da certeza de ultrapassar a marca histórica de 300 mil carros na frota, a empresa segue o plano estratégico de crescer sempre com qualidade e rentabilidade. O diretor de Vendas da Localiza, Paulo Henrique Pires, conhece bem a evolução da locadora.

PH, como é chamado pelos corredores da empresa, recebeu a reportagem do M&E, nesta quarta-feira (12), na nova sede aberta em 2017. Com 25 andares, o edifício é o grande destaque do bairro de Cachoeirinhas, em um terreno com 60 mil metros de área construída, sendo 20 mil metros de área verde. No prédio, que preza pela sustentabilidade com a reutilização da água e total reciclagem do lixo, trabalham cerca de 2,8 mil funcionários.

Principais desafios

Em entrevista, Paulo Henrique, além de destacar a boa perspectiva para a Localiza em 2020, com crescimento de cerca de 30% em receita líquida de aluguel de carros nos últimos cinco anos, fala dos principais desafios. Entre tantos desafios, “um deles é precisar de espaço físico para acomodar carros quando crescemos. Em Porto Alegre, por exemplo, já estamos na terceira ampliação da agência em cinco anos. Outro grande desafio é continuar crescendo com rentabilidade em 2020”, destacou o diretor da Localiza.

Com os bons resultados alcançados durante o ano e a certeza de ultrapassar a marca de 300 mil carros na frota, dados que só serão revelados no anúncio dos resultados do 4T19, Paulo Henrique Pires já está pensando mesmo em 2020. “Temos conseguido melhorar o indíce de satisfação do clientes e crescer em ritmo acelerado, mas sempre mantendo uma rentabilidade em nossos negócios, o que tem sido excepcional. O que já estamos preocupados no ano que vem é com o crescimento, temos que estar preparados para 2020”, afirma.

O que pode ajudar (e muito!) no crescimento da Localiza em 2020 é o mercado corporativo, que começa a dar sinais de recuperação após aquele ‘boom’ de 2014, além do investimento em tecnologia. “A viagem corporativa, embora 20% abaixo, cresce 4% este ano. Em 2020, temos a possibilidade de ver o setor crescer até dois dígitos. A perspectiva é muito positiva, mas sabemos que para crescermos em certa praça, precisamos ter capacidade para atender”, afirmou PH. “E também estamos no caminho da inovação. Por isso investimos tanto em qualidade. Lançamos o Localiza Pass, testamos e vimos que deu certo. Agora é a hora de expandir”, completou.

Fonte:  Mercado & Eventos
Por:  Pedro Menezes

Translate »
WhatsApp chat