ESSE FORD MUSTANG SHELBY GT350 H 1966 É O CARRO DE LOCADORA QUE TODO MUNDO QUERIA TER, MAS CUSTA R$ 1,1 MILHÃO

Quando pensamos em um carro de locadora, a primeira imagem de vem à cabeça é um veículo mais desgastado e com muita quilometragem. Mas tenho certeza que neste caso, você entraria na fila para alugar. A locadora Hertz, que tem operação no Brasil junto à Localiza, colocou mil Mustang Shelby GT350 de 1966 para locação naquela época.

E agora um deles, do lote mais raro enviado à locadora, está sendo leiloado pela casa de leilões de carros clássicos RM Sotheby’s.

Shelby GT350 H 1966 de locadora  (Foto: RM | Sotheby's )

Mustang Shelby GT350 provou ser um sucesso tão grande desde seu lançamento, no início de 1965. Em setembro daquele mesmo ano, a Shelby fez um acordo com a locadora Hertz para oferecer seu Mustang como parte do então novo Sports Car Club da Hertz.

Era um jogo de ganha-ganha: a empresa de aluguel de veículos teria um chamariz e tanto para atrair clientes e, da mesma maneira, a Shelby poderia trazer novos compradores para  casa.

Era comum que os carros pretos com faixas douradas fossem devolvidos após um aluguel de fim de semana com sinais de números de corrida ainda nas portas. Já que muitos clientes o levavam para circuitos fechados para ver o desempenho máximo do muscle car. Não foram poucos que participavam de corridas e devolviam os carros daquele jeito.

Shelby GT350 H 1966 de locadora  (Foto: RM | Sotheby's )

Do lote inicial do muscle car que foram para a locadora, os mais desejados eram os 85 exemplares originalmente fabricados com um câmbio manual de quatro velocidades. Porém, a Hertz notificou a Shelby rapidamente que nem todo mundo sabia dirigir com aquela transmissão. Então o outro lote de 850 veio apenas com carros automáticos.

E é justamente um desses modelos de câmbio manual, com número chassi SFM 6S590, que está sendo leiloado. Ele foi encomendado pela Hertz em 15 de novembro de 1965 e enviado para a Eger Motors McKeesport, na Pensilvânia, em 20 de janeiro de 1966, para passar por uma revisão de entrega. Só depois foi enviado para a Hertz em Washington, capital dos Estados Unidos.

Shelby GT350 H 1966 de locadora  (Foto: RM | Sotheby's )

O modelo foi equipado com um rádio FM da Shelby’s Hi-Performance Motors, banco traseiro rebatível e rodas cromadas Magnum 500.

A pintura preta e dourada segue o padrão de época e todos os números do carro batem. O visual do fastback é lindo e parece perfeito para chamar atenção em qualquer encontro de clássicos.

Curiosamente, em 11 de abril, o carro havia sido dirigido por apenas 16 quilômetros, mas os quilômetros pelo visto foram bem intensos, porque foi necessária a substituição da válvulas de dosagem, cilindros da roda traseira e pinças de freio. Mas quem teria feito um dano tão grande em tão pouco tempo? Ora, um corredor de arrancadas. A quilometragem deve ter crescido de quarto de milha (402 m) a quarto de milha.

O motor é o famoso 289. A litragem equivale a 4,7 litros pelo nosso padrão. E o V8 é esforçado. São 310 cv de potência e 45,5 kgfm de torque.

Shelby GT350 H 1966 de locadora  (Foto: RM | Sotheby's )

O GT350 acabou sendo vendido pela Hertz para Jan Price, na Virgínia, e chegou a John P. Richards, em 1986. O senhor ficou com o Shelby até a primavera de 1999, quando começou a fazer uma restauração, trabalho completado em 2002. Após seu falecimento, foi herdado por sua esposa.

Hoje, Shelby GT350 ainda está em estado impecável, com acabamento original e pintura sem nenhum estrago. O lance incial está em 225 mil dólares, ou R$ 1,1 milhão. O evento será nos dias 23 e 24 de outubro.

Fonte: https://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2020/09/esse-ford-mustang-shelby-gt350-h-1966-e-o-carro-de-locadora-que-todo-mundo-queria-ter-mas-custa-r-11-milhao.html

Translate »
WhatsApp chat