Movida (MOVI3): Atualização pós 1T19

Elevamos preço-alvo para R$ 13,5/ação

Estamos atualizando nossas estimativas para a Movida (MOVI3) a fim de incorporar os resultados do 1T19 e perspectivas atualizadas de crescimento. Elevamos nosso preço-alvo para R$ 13,5/ação, mantendo recomendação neutra. A Movida registrou resultados bons no último trimestre, e destacamos (1) o forte crescimento no volume de diárias tanto no segmento de aluguel de carros (RAC) como gestão de frotas (GTF), com um aumento simultâneo de 300 bps na margem EBITDA de RAC (desconsiderando os efeitos do IFRS 16), ajudado por um ambiente de preços benigno e pela alavancagem operacional. Destacamos também (2) a melhoria sequencial do retorno sobre o capital investido (ROIC).

As margens no segmento de Seminovos, no entanto, seguem pressionadas tanto por conta de efeitos cíclicos como efeitos particulares da empresa. Vemos os esforços da Movida em aumentar o giro da frota como positivos, o que de fato resultou em volume forte de vendas e redução da idade média da frota, mas destacamos o efeito de curto prazo dessas medidas nas margens (margem bruta atingiu 1,1% no 1T19). No entanto, a manutenção de volumes fortes e a continuidade da redução da idade média da frota nos dariam o conforto necessário para ficarmos mais positivos.

 Na tabela ao lado fornecemos um breve resumo de nossas estimativas para a Movida. Projetamos um pequeno crescimento nas tarifas de RAC em 2019, seguindo as tendências saudáveis que temos observado no segmento. Estimamos um crescimento de volume de diárias consolidado em torno de 22% em 2019 e 12% em 2020, impulsionado pelo segmento de GTF, mas parcialmente limitado pelo endividamento da empresa. As margens devem melhorar sequencialmente, e o segmento de Seminovos continua sendo o principal desafio em nossa visão. Vemos as ações negociando a ~15,5x P/L 2019 e 12,1x P/L 2020.

Se sensibilizarmos uma melhora mais rápida que a esperada no desempenho de Seminovos já no segundo semestre do ano, resultando em uma margem bruta maior em 2020, poderíamos ver as ações negociando dentro do intervalo de ~11,3x-11,7x P/L 2020 (em cima de uma projeção de lucro 3-7% maior para 2020).

Translate »
WhatsApp chat