Demanda por carros de aluguel cresce com flexibilização e faltam veículos nas locadoras

Quem deixou para alugar um carro nos últimos três feriados em cima da hora pode ter ficado sem veículo. Isso porque, desde setembro, com a flexibilização das medidas de isolamento social, mesmo com a pandemia ainda em curso, a demanda por locação de veículos tem retomado substancialmente causando impacto na disponibilidade do serviço.

De acordo com a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), os feriados de 7 de setembro e 12 de outubro foram os mais procurados desde o início da crise sanitária e registraram aumento de 20% a mais em relação as mesmas datas no ano passado. Uma bonança após um período crítico para o setor, que chegou a registrar queda superior a 90% no volume de aluguéis diários de carros para lazer ou negócios realizados no Brasil entre abril e maio deste ano, considerado o pior momento para o segmento em 2020.

Para Paulo Miguel Junior, presidente do Conselho Nacional da ABLA, o isolamento social provocou uma demanda reprimida por viagens. “Com a flexibilização, mais pessoas procuraram as locadoras para fazer passeios curtos, de carro, dentro de seus próprios estados ou para regiões vizinhas, no sentido de evitar aglomerações em aeroportos ou rodoviárias. Outro ponto que pode ser aliado das locadoras é que, diante do ambiente de insegurança na economia por causa da COVID-19, mais pessoas tendem preferir não fazer investimento num veículo próprio, o substituindo por um alugado”, avalia.

De acordo com Vivian Almeida, diretora de Global Partnerships da Rentcars. com, gigante do setor de locação de veículos do Brasil e da América Latina, a demanda atual por carros já está 347% maior que a de abril deste ano. “Desde o 7 de setembro temos observado um aumento contínuo nos feriados prolongados, o que nos gerou um alerta devido à indisponibilidade de automóveis. No Dia de Finados, mais de 25% dos pontos disponíveis para retirada de carros não apresentaram resultados para as buscas realizadas no site”, diz. Nas cidades mineiras que a empresa atua, de abril para outubro, houve uma alta de 56% nas retiradas de veículos.

Outra gigante do setor, sediada em Belo Horizonte, a Localiza não divulga dados segmentados, mas também vem registrando contínuo crescimento nos serviços. “Na medida em que o isolamento foi flexibilizado, percebemos uma mudança de hábito de turismo. As pessoas passaram a priorizar destinos próximos e utilizar veículos por se sentirem mais seguras. Esse novo hábito, aliado à tendência de preferência do uso de determinados bens em detrimento da posse impulsionou uma forte retomada. Na divulgação de resultados do terceiro trimestre de 2020, a taxa de utilização aumentou 20,3 pontos percentuais em relação ao segundo trimestre, confirmando a crescente escolha das pessoas pelo aluguel de automóveis como alternativa de transporte”, afirma Elvio Lupo, diretor executivo de Aluguel de Carros da Localiza. Mesmo na pandemia, o lucro líquido da empresa teve aumento de 59% em relação ao terceiro trimestre de 2019, totalizando R$ 325,5 milhões.

O crescimento por viagens curtas já era esperado pelo mercado, já que o incentivo aos passeios domésticos para recuperação do setor de turismo, fortemente afetado pela pandemia, é a grande aposta da Organização Mundial do Turismo (OMT). Em 2018, quase 9 bilhões de viagens domésticas foram feitas em todo o mundo, um número que equivale a seis vezes mais que os 1,4 bilhão de bilhetes internacionais impressos. Para a organização, os passeios locais podem tirar o turismo como um todo da crise e cita como exemplos a Itália, onde famílias que ganham até 40 mil euros recebem um vale de até 500 euros para gastar em hotéis dentro da própria nação e a Malásia, que alocou US$ 113 milhões para vouchers de viagens para quem quer passear pelo país.

Com a chegada dos feriados de fim de ano, a expectativa é que a procura por carros locados aumente ainda mais. A orientação do presidente do Conselho Nacional da ABLA, é que o cliente se programe. “Em primeiro lugar, fazer a reserva do veículo de sua preferência o quanto antes. É importante checar se a Carteira Nacional de Habilitação está em dia e é válida e observar que, na maioria das vezes, a locadora oferece descontos progressivos, quanto maior o período de locação, menores ficam as tarifas diárias cobradas”.

Outra orientação importante é que a opção de pagar com o cartão de crédito facilita a aprovação do cadastro e o atendimento. “Caso o cliente escolha por outras formas de pagamento, será atendido, porém o automóvel somente poderá ser entregue após a locadora fazer a análise de crédito. Vale lembrar que alugar um modelo popular custa o equivalente a uma corrida de táxi de aeroportos mais afastados até as regiões centrais das cidades. Ao locar um veículo, o usuário terá de imediato a garantia do contrato de locação, que obedece aos princípios do Código de Defesa do Consumidor e é o documento válido para a efetiva prestação do serviço”, aconselha.

FONTE: EDIÇÃO DO BRASIL

Translate »
WhatsApp chat

Fatal error: Uncaught wfWAFStorageFileException: Unable to verify temporary file contents for atomic writing. in /srv/users/serverpilot/apps/blogdaslocadoras/public/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php:52 Stack trace: #0 /srv/users/serverpilot/apps/blogdaslocadoras/public/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php(659): wfWAFStorageFile::atomicFilePutContents('/srv/users/serv...', '<?php exit('Acc...') #1 [internal function]: wfWAFStorageFile->saveConfig('livewaf') #2 {main} thrown in /srv/users/serverpilot/apps/blogdaslocadoras/public/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php on line 52