Em 7 anos no Brasil, Uber afirma ter repassado R$ 68 bi a motoristas

Uber no Brasil: empresa está no país há 7 anos, em meio à polêmicas e transformação do mercado de trabalho

A plataforma de transporte por aplicativo Uber está celebrando 7 anos no Brasil. Durante o período, a empresa afirma ter distribuído 68,4 bilhões de reais a motoristas e entregadores que dirigiram pela plataforma. De 2014 para cá, a empresa também afirma ter pago mais de 4,2 bilhões de reais em tributos e impostos — incluindo toda a cadeia de operação, desde licenciamento de software, corridas e delivery.

Nos seus primeiros anos, a Uber foi alvo de grande controvérsia por conta do modelo de trabalho por aplicativo, que foi alvo de diversos processos na Justiça e de um debate acalorado sobre vínculo empregatício.

Quando chegou, a empresa também enfrentou resistência de setores, como taxistas.

As mudanças que a Uber implementou no mercado de trabalho e no setor informal duram e são debatidas ainda hoje, apesar de a empresa e seus serviços terem se tornado constantes na vida cotidiana. O fenômeno é global, mas o Brasil foi um terreno fértil para o trabalho por apps em um contexto de crise econômica e desemprego. Dados de 2019 apontavam que, à época, 45 milhões de pessoas já haviam tirado renda de apps até então.

Uma pesquisa realizada no ano passado pela Opinion Box apontou que 78% das pessoas que utilizam smartphones no país já realizaram viagens por apps, 69% disseram ter utilizado a Uber.

Em razão de seu aniversário, a empresa compartilhou ainda outros dados peculiares: nesses 7 anos os usuários mais assíduos já realizaram mais de 5.000 viagens, o que dá, em média, 2 por dia. Um deles, que a empresa não revelou a identidade, já acumula mais de 8.000 viagens e entregas.

Fonte: exame.com

Translate »
WhatsApp chat