Honda fará investimento bilionário em carros voadores e foguetes

A Honda anunciou que irá disponibilizar um pacote bilionário de investimentos em carros voadores, robôs e até foguetes. Segundo a montadora japonesa, serão destinados US$ 45 bilhões em pesquisas para o desenvolvimento de novos produtos que possam agregar no portfólio da marca e serem complementares aos carros convencionais, que fazem muito sucesso no mercado global.

Segundo o The Verge, a Honda pensa nos eVTOLs (veículos elétricos com decolagem vertical) como produtos complementares aos que ela já trabalha. A ideia de investir nesse tipo de veículo tem como missão criar um ecossistema de mobilidade urbana mais eficiente e menos poluente, seguindo uma forte tendência do mercado, que já desponta com players importantes como Embraer, Volocopter, entre outros.

“As principais tecnologias nessas áreas estão conectadas aos nossos negócios existentes e estamos buscando essas novas áreas como uma expansão de nosso negócio principal como empresa de mobilidade”, disse Marcos Frommer, chefe de comunicações corporativas da Honda, em um bate-papo com jornalistas especializados.

No caso específico dos carros voadores, a Honda tem em mente que faria mais sentido investir nesses produtos caso a ideia fosse criar um serviço de táxi aéreo urbano. Entretanto, se em meio ao desenvolvimento do veículo surgir a possibilidade de melhorar os automóveis já existentes, já estará válido. A empresa, inclusive, já trabalha com a possibilidade de criar eVTOLs que tenham mais de um tipo de propulsor, como uma variante híbrida que também receba abastecimento de gás.

A Honda afirma que uma decisão sobre lançar ou não um carro voador deve ser tomada até 2025. Não se sabe, também, quanto desse dinheiro irá para esse segmento.

E o foguete?

Para os foguetes, a ideia da Honda também é ousada e está diretamente ligada aos seus automóveis. A montadora já visualiza ter o envio de satélites próprios para mapeamento de vias, que podem ser úteis para a navegação dos motoristas, mas também para uma eventual plataforma de carros autônomos. “Se pudermos usar esses foguetes para lançar pequenos satélites em órbita baixa, podemos esperar desenvolver nossas tecnologias centrais em vários serviços, incluindo serviços conectados”, disse Frommer.

Fonte: The VergeHonda, Canal Tech

Translate »
WhatsApp chat