Vale a pena pagar o IPVA antecipado?

Rio Grande do Sul


Veja dicas de consultor financeiro. Manter o dinheiro aplicado até o vencimento do imposto é menos vantajoso do que antecipar quitação, diz especialista

 

Motoristas que pagarem o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) até o final do ano terão um alívio acima de 6% na conta em relação ao pagamento no prazo final, em abril. Além dos descontos por antecipação anunciados pelo governo do Estado para o calendário 2020 (de 3% em dezembro e janeiro, 2% em fevereiro e 1% em março), a quitação apenas no próximo ano implica peso extra de 3,35% na conta.

Esta deve ser a variação da Unidade de Padrão Fiscal do Rio Grande do Sul (UPF-RS) na virada do ano. Na prática, a nova UPF leva o governo a aumentar a avaliação dos veículos, o que causa aumento proporcional nos IPVAs. Conforme a Divisão de Arrecadação da Receita Estadual,

o governo recebe a tabela Fipe com os valores dos automóveis em outubro e os converte em UPFs. Quando a UPF sobe, os preços estimados para cada carro em reais são atualizados na mesma proporção.

 

Comparações

De acordo com simulações do consultor financeiro Adriano Severo, a antecipação de IPVA de um dos carros mais vendidos no Estado em 2019, o Chevrolet Onix, gera uma economia de R$ 81 em relação ao pagamento apenas em abril, sem desconto e com a nova UPF. Em um carro um pouco mais caro, como o HB20, a diferença pula para R$ 86. É importante lembrar que o contribuinte pode contar com descontos como de Bom Motorista e Bom Cidadão, que não são condicionados à antecipação.

— Para quem tem condições financeiras, é mais vantajoso pagar o IPVA antecipado e usufruir do desconto para cobrir outra despesa deste início de ano — avalia Severo.

O especialista calcula que não vale a pena manter o dinheiro em uma aplicação financeira para resgatar apenas em abril e pagar o IPVA, abrindo mão dos incentivos à antecipação. Com a Taxa Selic em queda (baixou para 4,5% ao ano nesta quarta-feira, 12), as aplicações rendem menos do que o acréscimo do imposto após o período de desconto por antecipação.

 

Como fica o IPVA para alguns dos carros mais vendidos no Estado *

Chevrolet Onix Valor de mercado: R$ 42.649

Pago até 30 de dezembro R$ 1.241,09

Pago até 31 de janeiro R$ 1.282,66

Pago até 28 de fevereiro R$ 1.295,89

Pago até 31 de março R$ 1309,11

Pago a partir de 1º de abril R$ 1.322,33

Ford Ka Valor de mercado: R$ 38.797

Pago até 30 de dezembro R$ 1.128,99

Pago até 31 de janeiro R$ 1.166,82

Pago até 28 de fevereiro R$ 1.178,84

Pago até 31 de março R$ 1.190,87

Pago a partir de 1º de abril R$ 1.202,90

Renault Kwid Valor de mercado: R$ 28.860

Pago até 30 de dezembro R$ 839,93

Pago até 31 de janeiro R$ 867,96

Pago até 28 de fevereiro R$ 876,91

Pago até 31 de março R$ 885,86

Pago a partir de 1º de abril R$ 894,80

Hyundai HB20 Valor de mercado: R$ 45.302

Pago até 30 de dezembro R$ 1.318,29

Pago até 31 de janeiro R$ 1.362,45

Pago até 28 de fevereiro R$ 1.376,50

Pago até 31 de março R$ 1.390,54

Pago a partir de 1º de abril R$ 1.404,59

Chevrolet Prisma Valor de mercado: R$ 43.236

Pago até 30 de dezembro R$ 1.258,17

Pago até 31 de janeiro R$ 1.300,32

Pago até 28 de fevereiro R$ 1.313,72

Pago até 31 de março R$ 1.327,13

Pago a partir de 1º de abril R$ 1.340,53

Vale a pena pagar antecipado?

Rendimento de uma aplicação de R$ 2 mil na renda fixa entre dezembro e abril*:  R$ 17,15

Desconto máximo por pagamento antecipado de IPVA de R$ 2 mil: R$ 60

Conclusão: vale mais a pena pagar antecipado o IPVA do que deixar o dinheiro investido.

* Total de rendimento em aplicação a 100% da taxa Selic

* Simulações do consultor financeiro Adriano Severo com valores para modelos 2019, zero quilômetro, com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado, do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Rio Grande do Sul (Sincodiv-RS) e da Tabela Fipe.

Fonte: Gaúcha ZH
Autor: Erik Farina

Editado

Translate »
WhatsApp chat