Movida apresenta receita bruta recorde e aumento de 43% no lucro líquido

É o oitavo trimestre consecutivo de evolução nos resultados. Destaque para a linha de Seminovos que dobrou o número de carros vendidos

São Paulo, 13 de agosto de 2019 – A Movida concluiu o segundo trimestre de 2019 mantendo o forte ritmo de evolução apresentado nos últimos dois anos. Reflexo de um crescimento sustentável e sequencial, o desempenho da companhia registrou duas marcas trimestrais históricas: R$ 1 bilhão de receita bruta (+54,0% em relação a 2T18), com aumento de 21,4 % em serviços e 84,5% em venda de ativos, e R$ 155 milhões de EBITDA (+ 31,0% comparando 2T18). O lucro líquido operacional foi 43,6% maior que o valor apresentado no mesmo período de 2018, atingindo R$ 40 milhões em três meses e R$ 176 milhões nos últimos doze meses, outro recorde da locadora.

“Após a oitava evolução consecutiva nos resultados trimestrais, dobramos o tamanho da frota anunciado no IPO em 2017, comprovando mais uma vez a nossa capacidade de execução e nos colocando em um novo ciclo de crescimento, trabalhando sempre com sustentabilidade e geração de valor, focado na rentabilidade e satisfação do cliente”, comenta Renato Franklin, CEO da Movida. Hoje, a Movida possui 105,8 mil carros (+30,1% versus 2T18), sendo 71 mil alocados em RAC (+18,5%) e 35 mil em GTF (+61,8%), o maior crescimento do setor, gerando uma expansão de receita já contratada para o próximo trimestre.

A performance destacada da área de Seminovos, importante indicador do giro do ativo, foi um dos principais fatores que contribuíram para esta ampliação estrutural. Foram 16 mil carros vendidos no 2T19 (+83,4% na comparação com 2T18) que, somados ao aumento de 4,8% do preço médio (em relação ao 1T19), possibilitou a adição de frota em RAC como preparação para a alta temporada de julho. Além disso, a constante evolução de desempenho desta linha negócios reflete na oferta de carros cada vez mais novos e com menor quilometragem, gerando maior atratividade e maior retorno. A margem bruta foi 2,4%, sendo 1,3 p.p. maior que o 1T19, e a margem EBITDA foi a melhor dos últimos três anos, atingindo -1,8%.

Todo este resultado contínuo colaborou para que a Movida buscasse operações para se fortalecer ainda mais no mercado de capitais. Em julho, realizou uma Oferta Pública de Distribuição de Ações (follow-on) que captou R$832,5 milhões em distribuições primária e secundária, aumentando o Free Float de 29,9% para 44,9%, com a controladora JSL S.A. passando a deter 55,1%. O valor por ação gerado pelo processo de bookbuilding foi de R$15,00, o dobro do registado no IPO, em fevereiro de 2017. Ainda no 2T19, a Movida concluiu duas emissões de debêntures que somaram R$900 milhões, sendo que a 4ª apresentou prazo de 8 anos, inédito para a Companhia, com redução do spread e aumento da duration da dívida.

Os resultados consistentes da companhia, somados aos movimentos do mercado de ações nos últimos meses, foram reconhecidos pelas agências de rating, com elevação dos índices pela Fitch pela Fitch (de A+(bra) para AA-(bra)) e pela Standard&Poors (S&P) (de brAA- para brAA).

E neste cenário, a Movida também foi declarada como uma das três principais revelações da Bolsa no ano de 2018. O prêmio, conquistado a partir de um ranking organizado pela Infomoney, o Ibmec e a Economática, analisou rentabilidade, desempenho das ações e práticas de governança corporativa nos últimos três anos.  Além disso, a empresa foi destaque na lista das Companhias Mais Honradas no ranking de Latin America Small Caps da Institutional Investor, com prêmio em todas as categorias do setor de Transporte: melhor evento com analistas (1º lugar), melhor CEO (2º lugar), melhor CFO (2º lugar), melhor programa de RI (2º lugar), melhor site de RI (2º lugar), melhor time de RI (3º lugar) e melhor profissional de RI (3º lugar).

“A transparência na comunicação com o mercado é um dos principais pilares no nosso dia a dia. Pensando nisso, renovamos nosso site de RI, criando o chatbot e a busca inteligente por voz, com o objetivo de facilitar ainda mais a interação com todos os públicos, não só institucionais, mas também investidores pessoa física”, comenta Edmar Lopes, CFO da Movida.

A Movida criou uma diretoria de qualidade e gestão do cliente, para assegurar que o principal pilar da empresa, a satisfação do consumidor, seja ainda mais disseminado. Hoje, o Net Promoter Score (NPS), que mede a lealdade dos clientes da locadora, está em níveis acima de 75%. E foi ouvindo eles que, neste último trimestre, foram criados produtos inovadores como o test-drive 27 horas em Seminovos e o Pré-Check-In em RAC, que usa a tecnologia de QR Code para transformar a locação em uma experiência cada vez mais rápida e enriquecedora.

A inovação foi outra característica da companhia que foi reconhecida pelo mercado. No início de julho, a Movida conquistou o primeiro lugar do Prêmio Valor Inovação Brasil no setor de Transporte e Logística, saltando quase 150 posições no ranking geral da pesquisa conduzida pela consultoria Strategy& em conjunto com a PwC e o Valor Econômico.

 E pensando em ir muito além do carro, a Movida acabou de lançar seu primeiro relatório de sustentabilidade e iniciou a publicação trimestral dos indicadores sociais, ambientais e de governança (ESG). “Estamos no caminho certo, capturando as oportunidades que o aquecido e saudável mercado de locação vêm proporcionando. Queremos ir muito mais longe e construir a melhor plataforma de mobilidade do Brasil”, conclui Renato.

Clique aqui para acessar a apresentação completa dos resultados do 2T19 da MOVIDA.

 

Sobre a Movida Aluguel de Carros

 A MOVIDA é uma empresa de soluções inovadoras em mobilidade urbana para todo tipo de necessidade. Pioneira em oferecer serviços como aluguel mensal para pessoa física, wi-fi no carro, pré-pagamento e chatbox nas redes sociais, foi a primeira locadora do País a ir além do carro e incluir o aluguel de bicicletas e triciclos elétricos, ajudando a revolucionar o setor de locação no Brasil. Antenada aos novos tempos, investe em sustentabilidade e, ainda hoje, é a única locadora brasileira com um programa como o Carbon Free, que neutraliza as emissões de CO2 das locações dos seus clientes.

 Desde 2006 no mercado, a Movida passou a fazer parte do Grupo JSL em 2013 e abriu capital em fevereiro de 2017. Com perfil inovador aliado a forte governança corporativa, suas as ações têm apresentado consistente valorização e mais R$ 5,0 bilhões já foram captados no mercado. Atua tanto no varejo, com aluguel de carros e venda de seminovos, como no mercado corporativo, com a terceirização de frotas para empresas. Após investimentos de aproximadamente R$ 8,0 bilhões em sua frota nos últimos três anos, conta, atualmente, com uma frota de mais 105 mil veículos, 187 lojas de aluguel de carros e 64 de seminovos.

 

Mais informações no site https://www.movida.com.br

Translate »
WhatsApp chat