Brasil internacionaliza serviço de locação e transporte de pessoas

Na Flórida, mercado é movimentado pelo grande número de turistas

Junto com o idioma, um dos receios que mais são lembrados pelos turistas brasileiros em viagens internacionais diz respeito ao deslocamento num país desconhecido, não apenas no trajeto hotel / aeroporto, como também em seus pontos turísticos. A necessidade de reduzir esse estresse ao turista serviu de motivação para que o empresário Flavio Gerdulo, já com grande rodagem no setor de locação automotiva, criasse, na Flórida (EUA), a CTS, empresa de transporte de passageiros.

A escolha do endereço não é sem razão. O Brasil é o terceiro país do mundo de onde mais partem turistas rumo à Flórida. Somente em 2018, 1,1 milhão de brasileiros visitaram o estado norte-americano, de acordo com números do Visit Florida.

“O foco da empresa, que é 100% americana, é justamente atender parte das milhares de pessoas que chegam à Flórida, seja para lazer ou para trabalho, e que não se sentem seguras, não desejam alugar veículo ou ainda preferem não usar serviços como táxi e aplicativos de transporte”, explica Gerdulo.

Rede de parceiros

Para realizar o atendimento, a CTS conta com uma rede de prestadores de serviços. “Temos um cadastro de motoristas bilíngues que, junto com seus carros, preenchem requisitos de qualidade e de segurança. Fazemos a gestão do atendimento de acordo com as demandas que surgem através das agências de turismo local, bem como do Brasil, além das pessoas que diretamente nos procuram por sites e redes sociais. Dessa forma, conseguimos atender todas as solicitações, com os mais variados modelos de veículos, como sedans, minivans, vans, micro-ônibus e ônibus, sem a necessidade de termos frota própria”, explica o empresário.

A estratégia permitirá que o serviço, que começa a operar na Flórida, logo se expanda para outros estados norte-americanos e até para outros países, como almeja Flávio Gerdulo.

“Acompanho a evolução do mercado de locação há mais de 25 anos, assim como o crescimento do nível de exigência do consumidor na prestação desse tipo de serviço. É preciso inovar, sofisticar o atendimento e enfrentar os desafios que esse nicho do mercado automotivo nos impõe. É o que estamos fazendo através da CTS, que nasce com grande expectativa em relação ao alto número de brasileiros que diariamente desembarcam nos mais variados destinos pelo mundo”, conclui Gerdulo.

 

Mais sobre Flavio Gerdulo

Flavio Gerdulo iniciou a carreira profissional no setor de locação em 1994. Teve passagens por grandes empresas do segmento até que, em 1998, decidiu empreender e fundar a sua própria locadora.

Em 2012, observando a necessidade de sofisticação do setor, criou a Locblind, com transporte executivo em veículos blindados. Buscando ampliar os serviços, a empresa passou a disponibilizar o serviço em todos os estados brasileiros, o que deu ainda mais experiência para a nova jornada, agora em outros países, através da CTS. – www.worldwide-cts.com

Flavio Gerdulo também atuou na direção executiva de entidades como o SINDLOC/SP (Sindicato das Empresas Locadoras de Veículos Automotores do Estado de São Paulo) e a ABLA (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis).

Translate »
WhatsApp chat