Kovi recebeu USD 30 milhões de aporte em 2019 e comemora 2020 com crescimento acima do previsto

Kovi recebeu USD 30 milhões de aporte em 2019 e comemora 2020 com crescimento acima do previsto com aumento na procura por locação de autos em meio à pandemia

Há um ano a Kovi – maior startup de locação de automóveis para motoristas de aplicativos – recebeu um aporte de USD30 milhões em rodada de investimento liderada pela Global Founders Capital. A startup foi fundada no final de 2018 por Adhemar Milani e João Costa, ex-executivos da 99, e surgiu para preencher um espaço no mercado de locação de automóveis direcionado aos motoristas de apps. Deste modo, promove uma solução que gera oportunidade de aluguel de carros para fins profissionais, operando com custo do serviço abaixo da média das locadoras tradicionais de veículos.

O aporte de USD 30 milhões recebido em novembro de 2019 fortaleceu as operações na capital paulista e abriu mercado em Porto Alegre (RS) e na Cidade do México. O investimento também deu suporte total para o aumento da frota, a contratação de mais colaboradores, além de investimento em tecnologia e segurança para os motoristas.

Em 2018, eram seis colaboradores e três condutores, muitas coisas mudaram e o horizonte da startup se ampliou. Hoje são mais de 250 colaboradores e foram abertas mais de 60 vagas durante a pandemia. Com pacotes atrativos e inovadores para o mercado brasileiro, a Kovi trabalha com referências internacionais e implementou um modelo inovador de locação de automóveis na América Latina, que se assemelha ao norte-americano Pay As You Use, em que os pacotes são cobrados semanalmente para facilitar o gerenciamento das finanças dos motoristas.

Com inovação e olhar para a categoria de motoristas de app, a Kovi comemora os resultados. Até fevereiro de 2020, apresentou um crescimento de mais de 70% ao mês e viu a curva crescer. Houve aumento da frota em 78% no mês de outubro, em comparação ao mesmo período do ano passado e, em comparação a agosto de 2019, em setembro deste ano, a Kovi identificou 280% de aumento na demanda por carros. Isso em meio a uma pandemia mundial, que impactou diversos setores da economia!

“Pensamos e planejamos em produtos e serviços que possam proporcionar melhorias em segurança, custo-benefício, atendimento para os motoristas que optam pela Kovi. Isso se refletiu de forma positiva em nossos balanços feitos até o momento”, afirma Adhemar Milani. “A pandemia acabou promovendo a categoria de motoristas de aplicativos, devido aos fatores econômicos provocados pelo isolamento social, e para a Kovi foi essencial contar com uma operação bem alinhada e que promovesse mais essa profissão”.

Cenário

De acordo com dados informados pela Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), ao longo do período de pandemia, o setor de locação de autos apresentou uma queda de mais de 90% nos aluguéis de carros. Para a Kovi, no entanto, a retomada está em alta e a startup, otimista.

A parceria com o mercado de automóveis é feita sempre com fabricantes e companhias tradicionais de locação de carros para obter preços competitivos, o que torna o modelo inovador de negócio flexível, viável e rentável para todos. E o prazo de produção e entrega dos carros por parte das montadoras é um dos motivos de espera por parte dos interessados. São cerca de dois a três meses para entregar uma frota. E agora, em tempo de pandemia, o cenário também foi alterado.

“A oferta de carros pelas fábricas também foi impactada e não acompanha a demanda. Estamos otimistas e aguardando o retorno à produção de forma gradativa para atendermos tamanho interesse na locação de automóveis”, afirma Adhemar Milani Neto, CEO da Kovi. “Este é um ano atípico se comparado a 2019 e no início do isolamento social, em abril e maio, a procura foi estável. Desde julho, estamos observando um aumento. No mês de setembro, com o retorno gradativo das atividades, nos surpreendemos com um aumento de mais de 280%, sem incentivo à aquisição”.

Geração de emprego e renda

Conforme o mais recente Censo do setor de aluguel de veículos, com informações da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ao final de 2019 o Brasil contava com 10.812 empresas de locação de veículos. De acordo com o estudo, juntas, as empresas geraram 75.104 empregos diretos no país.

A Kovi é uma destas empresas que promove oportunidades e geração de renda. Lançada em 2018, quando aumentou significativamente a atividade de apps de transporte individual, a startup surgiu para preencher uma lacuna no mercado. Menos de três anos depois, com uma frota de mais de 6 mil veículos alugados somada à equipe administrativa, a Kovi emprega diretamente mais de 250 colaboradores.

O ano da Kovi

Aumento de equipe

2018 (início das operações): 3 pessoas

Nov/2019: 146 pessoas

Out/2020: 259 pessoas

**Durante a pandemia a empresa abriu 63 vagas

Crescimento de 64%

Aumento de frota

Crescimento de 78% em Outubro em comparação à mesma época no ano passado

Mudança de escritório em São Paulo

Agora com capacidade para 600 pessoas

Operação nacional e internacional

Dois anos depois do início das atividades, a Kovi está em São Paulo, Porto Alegre e Cidade do México.

Demanda

Com pacotes atrativos e inovadores para o mercado brasileiro, a startup, que apresentava um crescimento de mais de 70% ao mês até fevereiro de 2020, viu a curva crescer.

Em comparação a agosto de 2019, em setembro do mesmo ano, identificou 280% de crescimento na demanda por carros. Isso em tempo de pandemia!

Alta demanda

São mais de 2500 contatos por dia tanto de condutores que estão na base, quanto daqueles interessados em serem motoristas com automóveis da Kovi. Estes interessados buscam alternativas de renda trabalhando associados a aplicativos como Uber, 99, Cabify, entre outros.

Tecnologia

A Kovi faz constantes atualizações em seu aplicativo para que os motoristas possam gerenciar seus ganhos, prever a quilometragem rodada e também como forma de garantir maior segurança para ambas as partes.

Sobre a Kovi

Fundada em 2018 por dois ex-executivos da 99, Adhemar Milani Neto e João Costa, a Kovi é uma startup disruptiva que, de forma colaborativa com montadoras e locadoras, proporciona a locação de carros a motoristas de aplicativo de uma maneira simples, barata e com uma excelente experiência. Uma das startups que mais cresceu em 2019 no país, a Kovi busca revolucionar a indústria ao facilitar a vida do motorista e das locadoras, desburocratizando os processos e garantindo segurança para os dois lados. Em Setembro de 2020, ficou posicionada entre as 5 melhores empresas de satisfação do cliente, na categoria Rent a Car, segundo pesquisa do Instituto MESC.

Fonte: https://frotaemfoco.com.br/kovi-recebeu-usd-30-milhoes-de-aporte-em-2019-e-comemora-2020-com-crescimento-acima-do-previsto/

Translate »
WhatsApp chat