Turismo impulsiona mercado de locação de veículos no Ceará

Empresas apontam ainda o segmento corporativo como ascendente

Alugar um carro sempre foi status de quem tem muito dinheiro. O mercado de locadoras, no entanto, tem tentado reverter essa ideia para alavancar os resultados do setor. A mudança já começou a acontecer no Ceará, de forma que o Estado ganhou 13 novas lojas durante o ano de 2018 – um crescimento de 2,17%, segundo dados da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla). De acordo com a entidade, ao todo, são 611 locadoras no Ceará, atualmente.

A operação da Rentcars em território cearense é a terceira mais expressiva do Nordeste e representa 2,47% do total de locações da marca no Brasil. O volume de aluguéis no mesmo ano foi 17% maior que no ano anterior e, conforme o Chief Growth Officer Michel Rocha, a expectativa é que em 2019 o crescimento atinja de 18% a 20%. “Nós queremos nos especializar no mercado de locação para turistas. Têm muitas empresas que trabalham com aluguéis de longos períodos, para pessoas que são motoristas de aplicativos, por exemplo. Nós queremos focar no lazer. E como o Ceará é um destino que recebe muitos turistas todo o ano, acaba sendo uma operação muito importante para nós”, afirma.

Rocha ainda pontua que a média de aluguel no Ceará chega a seis dias. A exemplo da Rentcars, a Movida também reporta uma boa operação no Estado, principalmente na alta temporada de verão. “Além do turismo, o Ceará também já é referência no corporativo. Vocês têm grandes empresas. Então, atendemos a um alto volume de clientes, seja pessoa física ou jurídica, o ano inteiro”, ressalta Jamyl Jarrus Jr, diretor executivo rent a car da Movida. Registrando uma receita líquida de R$3,3 bilhões no País, a Localiza também tem zelado pelos mercados no Nordeste, incluindo o Ceará, diz Rafael Bamberg Cunha, gerente de marketing e vendas online da empresa.

Com opções de turismo de lazer ao longo de todo o ano e o segmento de negócios em crescimento, as locadoras de veículos começam a montar estratégias mais sólidas para o mercado cearense.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Translate »
WhatsApp chat