Gigante dos patinetes encerra operação no Brasil após 6 meses

 

A Lime, que estreou em São Paulo e Rio de Janeiro em julho, cortará 14% da sua força de trabalho.

 

A jornada por terras brasileiras da Lime, gigante dos patinetes, foi curta. A empresa anunciou nesta quinta, 9, a saída de São Paulo e Rio de Janeiro após apenas seis meses de operação nas cidades. O movimento da empresa faz parte de um esforço global para sair do vermelho. Analistas estimam que a empresa teve prejuízo de US$ 300 milhões em 2019.

Além de sair do mercado brasileiro, a Lime deixará outras cinco cidades na América Latina: Bogotá, Buenos Aires, Montevidéo, Lima e Puerto Vallarta. As operações também serão encerradas em Atlanta, Phoenix, San Diego e San Antonio (EUA) e Linz (Aústria). Cerca de 100 funcionários, ou 14% do quadro da empresa, serão demitidos.

Segundo a companhia, a operação de São Paulo será finalizada nas próximas semanas e no Rio de Janeiro nos próximos meses.

 

Fonte: Metrópoles

RAFAELA FELICCIANO/ ESTADÃO CONTEÚDO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
WhatsApp chat