Kovi ultrapassa a marca de 6 mil motoristas em sua base após ano de crescimento

Kovi, startup que aluga carros para motoristas que trabalham com aplicativos de carona, começou sua história de sucesso em novembro de 2018. Fundada por Adhemar Milani e João Costa, a empresa começou a operar com seis funcionários e três condutores cadastrados. Hoje, já são mais de cem funcionários e a empresa chegou à marca de cerca de 6 mil motoristas em sua base de carros.

Investimentos seed e series A foram alguns dos fatores que colaboraram com o crescimento da Kovi. O primeiro aporte recebido pela empresa ultrapassou os US$10 milhões (seed), o maior registrado no Brasil nesta categoria. O segundo grande valor captado pela empresa foi anunciado em outubro e chegou a US$30 milhões (series A), o maior investimento em mobilidade no ano .

De acordo com o CEO e co-founder, Adhemar Milani, a expectativa é que até o final do ano esse número quintuplique. O panorama é baseado na taxa de crescimento atual, que tem sido de 40% mensalmente. O segredo deste sucesso, para Milani é “Ter no time pessoas engajadas num mesmo propósito e usar a tecnologia para alcançar cada vez mais diferenciais competitivos e escalabilidade”, comenta.

Neste primeiro ano de operação, a sede física da startup foi reestruturada e, a estrutura que antes comportava 25 funcionários, hoje tem capacidade para cerca de cento e cinquenta mesas de trabalho.

Entenda como funciona a Kovi

A Kovi traz um modelo de negócio disruptivo em termos de mobilidade urbana e que será capaz de mudar a relação que condutores, usuários, locadoras e montadoras terão com os carros nos próximos anos. A empresa proporciona soluções capazes de fazer com que motoristas tenham acesso rápido a um preço justo aos melhores veículos, que serão disponibilizados nas cidades para que a população tenha acesso a baixo custo ao transporte de qualidade, sem precisarem comprar e colocar mais carros que não são compartilhados nas ruas.

O que deve mudar, no fim das contas, é todo um ecossistema que gira em torno do carro, melhorando o trânsito nas cidades e diminuindo custos adicionais para quem quer ter acesso a carros, mas não quer, necessariamente ser proprietário de um veículo.

“Queremos acelerar a transição da posse para o serviço e ao mesmo tempo gerar mais empregos em um País de mais de 13 milhões de desempregados. Acreditamos que cada carro alugado pela Kovi e um novo emprego gerado e diversos carros pessoais que deixam de ser necessários” , diz o CEO.

Para se ter uma ideia das vantagens, até agora, com 4,5 mil carros em sua frota, a Kovi tem a melhor proposta de aluguel para o motorista e com a tecnologia consegue ter uma excelência operacional e menor taxa de roubo ou furto do mercado.

FONTE: Portal Invest NE

Translate »
WhatsApp chat