Em balanço de resultados, Safra destaca trimestre mais equilibrado em termos de surpresa

Surpresa Positiva: transportes, no qual mais uma vez os analistas viram um trimestre muito bom para as companhias. Destaque para as locadoras de veículos

 

A Safra Corretora fez um balanço dos resultados do terceiro trimestre deste ano. Em relatório divulgado na quinta-feira (18), afirma ter visto “um trimestre mais equilibrado que os últimos quando pensamos em surpresa olhando para a frequência, com 40,7% dos resultados acima das expectativas, 18,5% deles dentro do esperado e 40,7% decepcionando as expectativas (contra o segundo quarto, com 54,8% dos resultados acima do esperado, 15,5% em linha e 29,8% abaixo).

“Porém, temos uma leitura mais positiva, pois o volume financeiro de receita, Ebitda e lucro veio acima da nossa expectativa em 7,7%, 2,8% e 5,3%, respectivamente, além de apresentar um bom crescimento versus uma base anual mais fraca (aumento de 31% para receita, alta de 45,2% para Ebitda e crescimento de 59,2% para o lucro, sempre na comparação anual, ou aumentos de 21,3%, 19,7% e 27,1%, excluindo Petrobras). Das 81 empresas analisadas, 8,6% apresentaram prejuízo no terceiro trimestre deste ano (contra 7,4% no terceiro quarto do ano passado”, aponta o documento assinado por Luis Azevedo, Cauê Pinheiro e Silvio Doria.

Reflexos da pandemia

O terceiro trimestre de 2021 das empresas cobertas pelo Safra mostrou expansão em todas as linhas da demonstração de resultados, o que é explicado pela fraca base de comparação, uma vez que os resultados do terceiro trimestre d2 2020 foram bastante afetados pela pandemia da Covid-19. Na comparação ano contra ano, os analistas observaram uma alta de 31% na receita, de 45,2% no Ebitda e de 59,2% nos lucros.

Retirando Petrobras da conta, empresa que teve um crescimento no lucro de 448% e representou 24,6% do total, o lucro líquido consolidado do terceiro quarto cresceu 27,1% na comparação anual, ainda assim mostrando um desempenho bastante robusto. “Quando comparamos com as nossas expectativas, a receita das empresas de nosso universo de cobertura ficou 7,7% acima do que esperávamos. O Ebitda e o lucro líquido ficaram 2,8% e 5,3% acima de nossas estimativas”, salientam os especialistas.

Surpresas positivas

De acordo com o relatório, foram surpresas positivas no trimestre os setores de Utilidades Básicas, impulsionado pelo resultado da distribuição, que refletiu a melhora na atividade econômica, mas também por alguns itens não recorrentes enquanto as geradoras decepcionaram no pior trimestre da crise hídrica; Transportes, no qual mais uma vez os analistas viram um trimestre muito bom para as companhias, com destaque para as locadoras de veículos, que surfaram a melhora de cenário para a venda de seminovos, mas viram uma boa demanda do varejo e conseguiram mais que repassar os custos mais elevados; e Petróleo e Gás, por conta da sustentação dos preços de petróleo.

Destaque para as locadoras de veículos

valor.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
WhatsApp chat